Como aumentar seus canais de aquisição?

por Bruno De Oliveira Terça-feira, 14 de setembro de 2021   Tempo de leitura: 7 minutos

É bastante comum as empresas direcionarem todos os seus investimentos para um único canal de aquisição que já traz bons resultados. No entanto, apostar em apenas um ou dois canais de vendas é uma estratégia bastante perigosa, pois torna seu faturamento dependente demais e, em muitos casos, também limita a escala e o crescimento da empresa.

Construir uma estratégia multicanal permite que você esteja presente em diferentes espaços para trabalhar com uma estratégia de vendas imbatível. O varejo multicanal nada mais é do que a prática de conquistar novos clientes e vender seus produtos em vários canais de vendas ao mesmo tempo.

Ao longo dos mais de 20 anos em que atuo e ensino sobre Varejo Físico e Digital no Ecommerce na Prática, entendi que são muitos os benefícios na venda multicanal. Aqui pontuo os principais:

  • Ofertar seu produto onde seus clientes já costumam comprar;
  • Alcançar novos mercados;
  • Aumentar o reconhecimento da marca e expandir a visibilidade do produto;
  • Não depender de um único canal externo que pode acabar do dia para noite;
  • Gerar mais receita.

Mas nem todo canal de vendas é adequado para todos os produtos. E cada canal de vendas vem com seu próprio conjunto de regras e desafios.

Por que explorar novos canais de aquisição?

Apostando em diversas frentes e solidificando cada uma delas, você aumenta seu potencial de escala e chega até os consumidores da maneira que for mais cômoda para eles, seja por meio de lojas físicas, lojas online, aplicativos, blogs, palestras…

Mas não para aí.

Você não apenas consegue levar a sua marca e o seu produto a qualquer lugar onde o cliente esteja, como consegue conectar cada um desses canais, criando uma estratégia omnichannel que permite ao consumidor ter uma experiência única com a marca.

Na prática, isso significa maior alcance, maior satisfação e mais vendas. Claro, se trabalhar cada um desses canais corretamente.

Canais de aquisição incríveis para você explorar

1. Redes sociais

O público brasileiro ama as redes sociais e, por isso, passa muitas horas por dia navegando e consumindo conteúdos disponíveis nela. Parte da sua estratégia deve ser identificar em quais redes seu público está para então oferecer a eles conteúdos relevantes sobre a sua marca e seus produtos.

Eu preciso pontuar que o conteúdo publicado por você deve estar alinhado com o interesse do público, além de se adequar aos diferentes formatos de cada rede e ainda buscar criar relacionamentos, interação e engajamento.

Mas, além de publicar, outro ponto fundamental é cuidar para que a interação com seu público seja constante e que questões relacionadas ao SAC também sejam respondidas. Assim, você terá muito mais credibilidade nesses canais.

Além disso, as redes sociais são poderosas ferramentas de venda, e você precisa aproveitá-las para construir uma estratégia de vendas imbatível.

2. Eventos

Os eventos são sempre ótimas oportunidades de você fazer relacionamentos com parceiros interessantes e que poderão se tornar ou até mesmo indicar novos clientes. Para te ajudar nisso, a dica aqui é participar de eventos com temas e abordagens interessantes para os clientes que você quer captar. Por incrível que pareça, um erro muito comum é as empresas só participarem de eventos pertinentes aos seu próprio negócio, quando deveriam estar mais focadas nos clientes.

Outra dica importante é: realize seus próprios eventos. Bons exemplos de eventos são: aulas, workshops, encontros, bate-papos online etc. Existem inúmeras possibilidades de divulgar sua marca e gerar credibilidade oferecendo conteúdo de qualidade para seu público sem precisar gastar muito dinheiro.

3. SEM ou anúncios pagos

O Search Engine Marketing é um conjunto de estratégias de marketing pensadas para que a sua marca apareça em destaque nos mecanismos de buscas do Google. Ele contém as estratégias de SEO, mas trabalha principalmente com os links patrocinados, também conhecidos como buscas pagas.

Esses links patrocinados são anúncios pagos que costumam aparecer antes dos resultados orgânicos no Google, e também na barra lateral, gerenciados por plataformas como o Google Ads.

Por mais que o SEO seja fundamental, o SEM também é vital para quem quer escalar suas vendas na Internet. Por isso, não deixe de investir nessa ferramenta, mesmo que você já tenha outros canais de aquisição.

4. Trade shows

Os trade shows lembram um pouco as feiras tradicionais, mas, diferentemente delas, eles são eventos menores e com foco em um segmento ou nicho específico do mercado. Para conseguir participar de um trade show, a sua marca precisa estar bastante consolidada e reconhecida no mercado.

Porém, os trade shows são ótimos lugares para fazer networking e fechar novos negócios, pois os participantes da feira estão lá para isso.

5. Assessoria de imprensa

Por mais que essa não seja uma estratégia para quem está no começo, em algum momento, a assessoria de imprensa será muito importante para que a sua marca apareça nas diferentes mídias (TV, rádio, revistas, jornais,) para alcançar a sua persona de forma mais orgânica.

Por isso, investir em assessoria de imprensa é um passo importante para se colocar na sua estratégia em longo prazo. Porém, é importante lembrar que nem sempre ela traz resultado imediato, mas sempre ajuda na visibilidade e também para construir confiança junto ao seu público.

6. Comunidades em fóruns e redes sociais

Basta parar para procurar que você vai achar na Internet diversos grupos de discussão e fóruns onde as pessoas trocam informações, dúvidas ou experiências com diversas marcas e produtos. Essas comunidades são uma excelente oportunidade para a sua empresa se relacionar com a sua persona, levando informações relevantes para essas pessoas.

7. “Intervenções” publicitárias

As intervenções publicitárias – comuns no marketing de guerrilha – são ações ou eventos totalmente inesperados que têm como objetivo gerar buzz em torno de uma marca. Essa é uma ótima estratégia para você aparecer na mídia de um jeito espontâneo, mas é importante tomar cuidado para construir uma narrativa com um desfecho interessante, pois as jogadas publicitárias geram uma grande expectativa do público, e ele pode se sentir totalmente frustrado.

8. Programa de indicação

Programa de indicação é uma estratégia que busca conexão rápida com as pessoas, com o objetivo de que elas se identifiquem e espalhem sua mensagem de maneira totalmente espontânea. Essa é uma técnica incrível e tem custos bem menores do que as ações tradicionais, pois aqui a mídia utilizada é o próprio público.

Como escolher por qual começar?

Para escolher os melhores canais de aquisição de clientes, faça um brainstorming de ações que poderá explorar nos diferentes canais pensando em quais objetivos quer alcançar. Pense no grupo de pessoas que você quer atingir também e se pergunte:

  • Em qual canal essas pessoas estão?
  • Como você vai se comunicar com elas?
  • Como fazer com que elas interajam com seus produtos?
  • O que você pode fazer para garantir que se tornem seus clientes?
  • Como você vai executar essas estratégias?

Essas perguntas vão te ajudar, fazendo com que você amplie seus canais de aquisição com inteligência, sem precisar sair atirando para todos os lados.

Gostou desse artigo? Não esqueça de avaliá-lo!
Quer fazer parte do time de articulistas do portal, tem alguma sugestão ou crítica?
Envie um e-mail para redacao@ecommercebrasil.com.br

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER