Acesso rápido

Como a logística se adaptou ao e-commerce

por Bruno Tortorello Quinta-feira, 07 de novembro de 2019   Tempo de leitura: 9 minutos

Os impactos do mundo cada vez mais conectado são claramente observados no comportamento das pessoas. A Internet revolucionou as formas de relacionamento, de comunicação e de consumo, e se transformou em uma ferramenta eficaz de busca, avaliação e compra de produtos. E isso se reflete no crescimento do e-commerce.

O comércio eletrônico é um modelo de vendas que cresce a um ritmo muito significativo no Brasil. De 2011 a 2017, o faturamento do comércio virtual por aqui cresceu, em média, 18% ao ano. Em 2018, o crescimento foi de 12%, segundo a consultoria Ebit, e a tendência com a retomada da economia é que 2019 tenha um crescimento ainda mais robusto.

Apesar dos sucessivos incrementos de negócios, as vendas pela Internet no Brasil ainda são pouco representativas, correspondendo a apenas 4% das vendas totais do varejo, e também estão abaixo dos patamares de países europeus, onde o e-commerce representa, em média, pouco mais de 11% do total.

Mas esse cenário de representatividade ainda incipiente, e de curva de faturamento apontando para o alto, confirma, na verdade, o enorme potencial de ascensão do comércio eletrônico. Não há um só indicador que não mostre que o e-commerce no Brasil no mínimo dobrará de tamanho até 2023.

Atualmente, empreendedores estão desenvolvendo lojas virtuais, e os varejistas tradicionais buscam uma estratégia ON e OFF que os diferencie dos demais e atenda aos anseios dos novos consumidores digitais. É uma corrida no sentido de ter cada vez mais comércios eletrônicos responsivos e plataformas que atendam às exigências dos dispositivos móveis como smartphones e tablets.

Dessa forma, o e-commerce pode ser considerado um caminho sem volta, porém, numa cada vez mais próxima consolidação das vendas virtuais, é fundamental o consumidor ser brindado sempre com uma excelente experiência de navegação durante suas compras e excelência na execução da venda e da entrega.

Fatores importantes para isso abrangem uma plataforma bem desenvolvida, robôs de buscas e filtros eficazes, descrição detalhada dos produtos, transparência quanto aos preços, facilidades de pagamentos e, principalmente, a política de entregas e de devoluções. Ponto primordial para o sucesso do e-commerce, a logística do comércio eletrônico passa a ser tão relevante quanto o próprio negócio, e requer a parceria com um operador que realize as entregas com eficiência e rapidez.

Poder devolver uma encomenda a partir da retirada em casa, conhecer a janela exata de entrega da encomenda e as várias opções de locais de entrega – seja em casa, no trabalho, numa loja física ou mesmo em um pequeno comércio próximo – são alternativas que não só motivam os consumidores a comprarem no ambiente online, mas também aumentam a base de compradores potenciais e ajudam no aumento da conversão de vendas.

Os operadores logísticos, cientes da importância de cada um deles dentro da cadeia do e-commerce, precisam estar alinhados a essas expectativas, oferecendo, aos parceiros varejistas ou marketplaces, serviços que contemplem o crescimento do comércio eletrônico e as necessidades do vendedor e do consumidor final.

Os esforços nesse sentido já são uma realidade, com a adoção do uso da ciência de dados no setor de logística, com a aplicação de algoritmos para definir as rotas de veículos e analisar dados que garantem mais segurança, e com o rastreamento das cargas em tempo real, por exemplo. Podemos citar ainda o uso de aplicativos para identificar problemas na frota e realizar a gestão da informação no exato momento das entregas, ou até mesmo a experiência do uso de robôs e de drones inteligentes nas operações logísticas.

Adicionalmente à tecnologia embarcada, os investimentos dos transportadores de e-commerce estão direcionados a serviços que ofereçam maior conveniência e comodidade aos consumidores finais. No setor de cargas fracionadas, cresce a opção de retirar as compras do e-commerce nas lojas físicas, de se criarem serviços novos como a entrega ou a retirada da mercadoria com horário programado, entre outras facilidades.

Ter várias opções de entregas é, por exemplo, um dos fatores que mais motivam compras no e-commerce, sendo mencionado por 83% de quase 25 mil e-shoppers entrevistados recentemente em 21 países europeus e na Rússia, em pesquisa realizada pela agência Kantar TNS a pedido do DPDgroup, segunda maior rede de distribuição de encomendas da Europa.

No continente europeu, a retirada de encomendas em um pequeno comércio localizado a até 10 minutos a pé do consumidor final existe há aproximadamente 15 anos e já está consolidada, representando de 25% a 30% das entregas em alguns países.

É pura conveniência para os consumidores, que ou não querem ou não conseguem receber o produto em casa sem ter grandes dores de cabeça. No ano passado, mais de 83 milhões de encomendas circularam por 42 mil pequenos comércios que atuam com horário de funcionamento estendido e que abrem no fim de semana em 27 países pelo mundo.

Por aqui, já existem iniciativas semelhantes, práticas e convenientes, que facilitam a vida do consumidor final e das empresas, permitindo a retirada das mercadorias em qualquer dia da semana e em horários alternativos.

Para os vendedores online, essas formas de entregas convenientes representam ainda uma ferramenta que pode aumentar a conversão de vendas e reduzir custos logísticos globais – por ser uma solução mais barata com taxas de insucesso de entrega quase zero.

Na área de logística, portanto, a adoção da tecnologia em favor da melhor gestão da frota e das cargas é fundamental. Tudo isso, aliado à qualidade do atendimento e à satisfação do consumidor final, é vital para o sucesso do e-commerce e de toda a sua cadeia.


Gostou desse artigo? Não esqueça de avaliá-lo! Quer fazer parte do time de articulistas do portal? Tem alguma sugestão ou crítica? Envie um e-mail para redacao@ecommercebrasil.com.br.

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

 

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.