Carrinhos abandonados, você sabe como recuperar os seus?

por Juliana Custodio Quarta-feira, 02 de outubro de 2013

Esta pergunta é feita pela grande maioria dos comércios eletrônicos, não só aqui no Brasil mas também no mundo todo. Mas será que todos sabem da real importância da recuperação dessas oportunidades abandonadas bem ali no funil de compra?

Quem já recupera o abandono dos carrinhos já pode notar que este recurso é potencialmente muito lucrativo. Porém, ainda existem muitas falhas de métricas sobre o assunto.

Uma pesquisa recente da Forrester, descobriu que a média de abandono é de 81%. Surpreendente! Não? Eles também concluíram que 46% dos clientes que abandonam, retornam ao site e concluem a compra, quando são impactados com um e-mail de remarketing. No entanto, apenas 42% das empresas que operam on-line dizem ter conhecimento do comportamento e hábitos de seus clientes (PMP) e sobre a tecnologia em recuperar carrinhos abandonados.

O consumo online cresce todos os dias, e no embalo cresce também o número de carrinhos abandonados, em sua grande maioria, por estarem comparando preços e condições de frete. Veja abaixo alguns dados:

– Taxa Média de Abandono: 81%
Nos setores de viagem: 68%, moda e varejo: 86% e finanças: 82%

– Taxa Média de Campanhas de Recuperação de Carrinhos:
53% de e-mails abertos
Nos setores de viagem: 55%, moda e varejo: 51% e finanças: 52%

– Taxa Média de e-mails clicados: 32%
Nos setores de viagem: 30%, moda e varejo: 38% e finanças: 39%

– Taxa média de conversão por cliques em todos os setores: 25%

Não existe formula mágica para melhorar as conversões de carrinhos, mas hoje já temos ferramentas especializadas em reengajamento e relacionamento com o cliente. Os maiores benefícios são as possibilidades de recuperar leads qualificados, converter abandono em vendas e criar um canal novo de relacionamento com o cliente.

Hoje existem diferentes tipos de recuperação no mercado, como as tecnologias de ação pós-click (o que a grande maioria oferece), as ferramentas comportamentais que fazem a sugestão de produtos e impactam através de banners e, um terceiro tipo e menos conhecido, a recuperação através de e-mail. Esta última opção tem garantido maior retorno pois a ação é certeira, pois enviar um e-mail com o produto para o cliente tem provado ser a mais eficiente.

Para a recuperação ser assertiva é preciso que a ação de remarketing seja automática e em tempo real, que permite a aquisição de receita qualificada para a loja virtual. Além de proporcionar uma oportunidade única de “conhecer para melhor se desenvolver”, através do envio de um e-mail personalizado ao cliente, que consequentemente potencializa o crescimento de base, informação e analises de performance (uma das maiores riquezas atuais). Vale a pena investir tempo e explorar mais este assunto.

Ignorar o abandono de carrinho é coisa do passado! Para conhecer mais sobre este “gap” e desenvolver o atendimento do e-commerce, é necessário incluir estas estratégias na lista de afazeres, buscar novas parcerias e explorar o remarketing focado em processo de compra (carrinhos abandonados).

Valorize, repense e potencialize seu investimento para que seus esforços em transformar seus visitantes em clientes não se seja em vão. Otimize seu abandono, aposte na recuperação de carrinhos!

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

Deixe seu comentário

3 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  1. A melhor forma de enfrentar o gigante que é o abandono de carrinhos é investir em uma solução completa, com foco em performance, e que é capaz de personalizar sua comunicação com o usuário de forma assertiva e convincente.

    A VE Interactive entende disso! http://www.veinteractive.com

    Responder