Acesso rápido

Oportunidades de negócios para a Black Friday

por Felipe Reis Segunda-feira, 05 de novembro de 2018   Tempo de leitura: 5 minutos

A Black Friday está chegando e promete alavancar as vendas, de forma muito expressiva, em um curto período de tempo. Para obter bons resultados, portanto, é preciso se planejar.

Inicialmente, a Black Friday foi utilizada com maior predominância no mercado varejista, nos Estados Unidos. O evento acontecia na sexta-feira seguinte ao feriado de Ação de Graças, comemorado no país norte-americano. Leva esse nome porque a data coincide com a última sexta-feira do mês de novembro, dia em que as lojas físicas americanas utilizavam para praticar preços a custo de fábrica.

A data tem uma grande importância no cenário comercial. Afinal, é o período em que os consumidores começam a se planejar para as compras de Natal. A ideia inicial era de que as empresas passassem a oferecer descontos imperdíveis.

Em 2017, o mercado brasileiro movimentou R$ 2,1 bilhões com o evento. Neste ano, a expectativa de incremento nas vendas é de 20%.

Já sabemos que o brasileiro consome cada vez mais na internet, mais de 50 milhões de pessoas já realizaram compras online. Segundo José Melchert, gerente de varejo no Google, a procura por termos relacionados a produtos chegaram em até 80% no ano passado. De acordo com uma pesquisa realizada pela empresa, também em 2017, 87% dos consumidores pretendiam comprar algo durante a Black Friday.

Esses dados deixam claro a importância de se investir em uma boa presença e performance online. Pois, as empresas que atenderem às necessidades de produtos e serviços a esses compradores terão larga vantagem no mercado.

O que muda em 2018?

Para quem planeja realizar alguma ação durante a Black Friday, desconsidere a ideia de que ela é praticada apenas na última sexta-feira do mês de novembro. Este ano, estratégias baseadas na Black November serão mais comuns. Não há por que planejar ações para uma data tão esperada e utilizá-las somente em um dia. Para atrair o maior número de clientes possíveis, coloque em prática o plano de ação do primeiro ao último dia de novembro.

Muitas empresas fora do segmento de varejo poderão usufruir do evento. Em versões mais antigas, a Black Friday privilegiava empresas de e-commerce que esvaziavam seus estoques na venda de itens como celulares, computadores e eletrodomésticos. Porém, a data também pode ser efetiva para serviços mais específicos e até mesmo para o público B2B.

O mais interessante da Black Friday para o público B2B é que não necessariamente eles precisam baixar os preços para realizar uma promoção nesta data sazonal. Existem outras opções, como oferecer uma consultoria gratuita, entregar materiais ricos (e-books e infográficos), workshops… Ou qualquer outra coisa que cause alguma percepção de valor agregado para o consumidor, sem a necessidade de se alterar o preço de venda.

Para vender mais na Black Friday

Planejamento de estoque

Varejistas e e-commerce não podem deixar de se atentar ao estoque. Esse ponto é muito importante e deve entrar no planejamento do evento. Negligenciar a atenção ao estoque pode acarretar na perda de muitas vendas.

A Black Friday também é uma excelente oportunidade para liquidar itens que não tiveram boa saída. Para isso, analise o estoque e defina quais produtos terão desconto, se serão todos ou alguns específicos.

Anúncios patrocinados

Os anúncios patrocinados são ótimas estratégias para buscar mais clientes. É possível utilizar o Google Adwords. Dessa forma, os anúncios poderão aparecer nos primeiros lugares das pesquisas no buscador.

As redes sociais também permitem esse investimento. O Facebook Ads é uma opção para usar a maior rede social do mundo no impulsionamento de campanhas.

Um ponto interessante é a possibilidade de direcionar os anúncios para o público-alvo, para aumentar a eficiência das ações e otimizar os investimentos.

Call to actions para ações rápidas

A Black Friday faz com que os consumidores tenham pressa para entrar em contato e comprar, porque se preocupam com o fim da promoção ou estoque disponível. Portanto, aproveite deste sentimento e invista no uso de botões de compra ou preenchimento de formulários com destaque na página web. Um processo de compra menos burocrático garante leads valiosos.

Reaproveitamento de ofertas e promoções já utilizadas

Se ao longo do ano ações promocionais e de descontos já foram desenvolvidas, é possível reaproveitá-las fazendo pequenos ajustes, adaptando-as para a temática Black Friday. Desta forma será possível criar meios de atratividade e oportunidades de novos negócios, sem investir grandes esforços no desenvolvimento de promoções específicas.

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

 

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.