Projeto mantido por:

BI e big data: qual a diferença?

por Anderson Cruz Terça-feira, 25 de novembro de 2014

O big data é a sensação do momento quando se pensa em coletar o máximo de informações, utilizando-as em um negócio. É inegável que com a Internet, surgiram diferentes canais, nos quais são inseridas informações que, sem a tecnologia da rede, não eram devidamente utilizadas. Já imaginou quantos terabytes ou petabytes de informações você pode ter? Pois é, só que essa corrente pró big data fez com que profissionais se perguntem sobre como ficaria a situação do BI. E essa dúvida vai além. Qual, então a diferença entre big data e BI?

Nesse artigo diferenciaremos as aplicabilidades de cada uma dessas ferramentas, que embora possam ser confundidas, têm funções diferentes. Mas com uma boa gestão podem inclusive se complementar.

Antes de continuarmos você precisa saber: o big data não surgiu para substituir o BI.

O business intelligence, ou simplesmente BI, é traduzido para o português como “inteligência de negócio”. Na verdade, esse conceito confere a possibilidade de saber tudo o que se passa em seu negócio, bem como todo o mercado. Com o BI é possível ter acesso à tabelas dinâmicas, análise de performance e painéis como dashboards. Com isso, pode-se conhecer o desempenho de sua equipe em produtividade, gestões internas de materiais e pessoas, além de diversas outras informações que auxiliarão no desenvolvimento de seu negócio.

Com o BI, o gestor não toma decisões por “achismo”. Ele age com base em informações e dados exatos. Ele consegue entender em que região as vendas diminuíram e se os vendedores devem passar por treinamento; qual produto ou serviço que melhor gerou resultados em diferentes períodos de tempo.

Trabalham com BI pessoas em posições consideradas estratégicas dentro das companhias.

O BI pode ser composto inclusive por inteligência artificial, que faz a análise, criando uma perspectiva de cenários de acordo com os dados levantados.Tais dados são analisados rapidamente e, de forma assertiva, facilitando a compreensão do mercado.

Podemos definir o BI com uma bússola: norteia as ações, com base em dados exatos e objetivos.

Antes de prosseguirmos, uma rápida explicação sobre o big data: ele consiste na utilização de diferentes ferramentas que juntas analisam diversas fontes de dados. Sejam elas de sites, redes sociais, aplicativos para smartphones, registros de IPs entre outras fontes que fornecem essas informações.

Tanto o tratamento dessas informações, quanto a geração de resultados através de ferramentas que apresentam métricas e análises é o que podemos definir como big data. O diferencial dele é a possibilidade de se chegar aos resultados em tempo real.

Mas se ambos analisam informações, quais as diferenças do big data para o BI?

Assim como o big data, o BI também consegue fazer a análise de enormes quantidades de dados em grande velocidade e em tempo real. Claro que o big data não está sendo usado em sua plena forma. Na verdade, ainda não foi explorado em seu total potencial. Mas, mesmo assim, se mostra como ótima ferramenta de negócios.

O big data não necessariamente entregará dados concretos com análises claras. Ele resgata dados existentes e cria relações, que muitas vezes podem passar despercebidos. O BI proporciona o entendimento em sua base de dados, com saídas lógicas e estratégicas. Já o big data abre caminhos que são diferentes e, que nem sempre, representam novas perspectivas sob a ótica dos gestores, facilitando a competitividade.

O BI analisa o que já existe, definindo as melhores hipóteses. O big data aponta novos caminhos, além de exigir de quem o adota, o conhecimento prévio do BI, pois essa vivência analítica será importante para a interpretação de dados colhidos nessa modalidade.

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

Deixe seu comentário

1 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER