Aprenda 4 recursos do neuromarketing para gerar mais vendas

por Raquel Lisboa Terça-feira, 04 de junho de 2019   Tempo de leitura: 7 minutos

As motivações humanas, muitas vezes intrínsecas, são estabelecidas a partir de três partes principais do sistema nervoso: o cérebro reptiliano (relacionado às emoções, como medo, felicidade, raiva etc), o cérebro límbico (que diz respeito aos cinco sentidos) e o neocórtex (referente ao controle do raciocínio e às tomadas de decisão).

Assim, o neuromarketing é a ciência que analisa o comportamento do consumidor, buscando compreender como o cérebro funciona diante de conteúdos publicitários e o que o leva à fidelização, preferindo uma marca a outra.

Por meio de recursos que transitam nesse estudo, é possível criar estratégias de marketing mais eficazes que despertem o desejo de compra e, consequentemente, aumentem a taxa de conversão de um negócio.

Contudo, vale ressaltar que as abordagens do neuromarketing têm como princípio a persuasão, que aguça a intenção já existente no público-alvo, diferentemente da manipulação que é uma ação contra vontade e totalmente antiética.

Com essas premissas estabelecidas, confira quatro dicas de como gerar mais vendas para o seu e-commerce com o auxílio do marketing junto à neurociência.

1. Cores

Você sabia que 90% das decisões de compra são feitas com base nas cores? Logo, escolher a identidade visual da sua loja virtual e a aparência das chamadas (CTAs) vai muito além de combinar tons, afinal, eles podem causar aceitação, bem como rejeição.

As cores também indicam reconhecimento — identificar uma marca através delas é sinal de uma estratégia de neuromarketing bem sucedida. Um exemplo clássico é o da Coca-Cola: quantas vezes detectamos seus anúncios apenas pelo vermelho e branco, não é mesmo?

A seguir, acompanhe os significados das cores e verifique se elas fazem jus aos propósitos do seu e-commerce. Caso não façam, reflita sobre a otimização do seu site e das suas redes sociais:

  • Vermelho: atenção, confiança e incentivo à ação;
  • Amarelo: energia, acolhimento e concentração;
  • Verde: equilíbrio, tranquilidade e vitalidade;
  • Azul: convicção, espiritualidade e segurança;
  • Laranja: entusiasmo, alegria e sociabilidade;
  • Roxo: sabedoria, criatividade e sucesso.

2. Imagens

“Uma imagem vale mais do que mil palavras!” — clichê, mas real. Uma fotografia de qualidade pode fazer toda a diferença na jornada do cliente. Se deseja que uma oferta se destaque na home da sua loja virtual, basta colocar uma foto do produto (em banner) junto de uma CTA atrativa e pronto, atenção ganha.

Outra abordagem eficaz é a de publicar imagens com rostos de pessoas. Uma fotografia de alguém utilizando uma mercadoria do seu e-commerce, com uma expressão alegre e satisfeita, ativa o cérebro reptiliano de quem a vê, estimulando os mesmos sentimentos retratados. No neuromarketing, esse tipo de identificação é um dos pontos de partida para despertar o interesse de compra.

Além disso, as redes sociais são um ótimo caminho para divulgar a sua marca. Com o propósito visual, especialmente o Instagram e o Pinterest, elas podem se tornar as principais vitrines complementares do seu negócio.

3. Layout

O design do seu site, aliado às duas dicas anteriores, também é uma ferramenta do neuromarketing. Para te auxiliar nesse quesito, existe o teste A/B: através da análise da sua loja virtual e da formulação de hipóteses do que pode ser aprimorado (descrição de produtos e categorias, por exemplo), é realizada uma comparação da versão original (A) — de uma página ou componente dela — e de uma variante (B).

A partir dessa verificação, que pode ser mensurada pelo Google Analytics, descobre-se a amostragem que mais agrada o público. Esse tipo de validação é aplicável em diversos aspectos do layout, desde a home aos campos de frete (na página do produto ou somente no checkout) e formulários de cadastro (na extensão dos mesmos e na barra de progresso), buscando, assim, diminuir o abandono de carrinhos.

Ademais, o conceito de “menos é mais” prevalece: invista em fontes simples e não as misture, escolha de duas a três no máximo para não gerar poluição visual. Os preços psicológicos devem ser testados igualmente: utilizar centavos com “9” ao invés de números redondos pode ter um peso positivo no momento da conversão.

4. Gatilhos mentais

Os gatilhos mentais são mecanismos cerebrais que se relacionam intimamente às três partes do cérebro. Mediante emoções despertadas por imagens e/ou palavras, o sistema nervoso ativa a necessidade de ter e, consequentemente, a decisão de compra. Dentre os principais estímulos psíquicos, destacam-se os de urgência, escassez, storytelling e prova social.

O primeiro tem como foco a falta de tempo e, no seu e-commerce, pode ser ativado com promoções disponíveis por um período determinado. O de escassez indica privação também, mas em relação à quantidade, como poucos exemplares de um produto e edições limitadas — o que, em ambos os casos, cria um sentimento de emergência e o desejo de não “ficar de fora”.

Já o gatilho mental de storytelling tem como princípios a ação de contar histórias e a conquista do público por meio da curiosidade, comoção e/ou identificação. Muitas marcas compartilham diariamente a rotina da equipe, a história da construção do negócio e o desenvolvimento dos próximos lançamentos.

E, por fim, o mecanismo de prova social se refere ao sentimento de segurança. Ele pode ser transmitido por meio da divulgação de depoimentos de clientes fidelizados que se mostram satisfeitos com os seus produtos e serviços, e monitorado em espaços como o Reclame Aqui.

Com a combinação desses quatro recursos do neuromarketing, que valorizam abordagens persuasivas somadas à ética, você terá a oportunidade de melhorar a performance do seu site, elevar os KPIs do seu negócio e converter mais.

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

 

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.