E-Commerce: como usar análise SWOT no Marketing Digital

por Vitor Peçanha Quarta-feira, 18 de setembro de 2019   Tempo de leitura: 10 minutos

A análise SWOT é uma técnica voltada ao planejamento estratégico e marketing digital. Ela pode ser aplicada por organizações de diversos tamanhos, nichos e, até mesmo, em diferentes áreas de um mesmo negócio. Vale muito também para companhias e-commerce. O principal objetivo da metodologia é analisar tanto fatores internos como externos que podem prejudicar ou contribuir para a saúde de uma empresa.

A análise SWOT no Marketing Digital, por sua vez, é justamente a utilização dessa ferramenta de forma mais específica, visando ao seu entendimento, ao teste da viabilidade de estratégias etc. Como veremos a seguir, o passo a passo não é tão diferente de outros possíveis focos, mas os fatores observados podem variar.

Ter o suporte de uma ferramenta que permite a tomada de decisão baseada em informações relevantes — e não em achismos — pode fazer toda a diferença para o sucesso das suas estratégias de marketing online. Quer saber mais sobre o tema? Então acompanhe a leitura!.

O que é a análise SWOT?

De forma resumida, podemos conceituar a análise SWOT como uma metodologia de avaliação de planejamento corporativo. Ela surgiu na década de 1970, nos Estados Unidos, com o pesquisador Albert Humphrey. A técnica foi popularizada no livro de Markus Hofrichter, em que ele traz um guia de como aplicá-la de forma simples e eficiente.

O termo é uma sigla em inglês, em que as letras significam:

  • S: strengths (forças);
  • W: weaknesses (fraquezas);
  • O: opportunities (oportunidades);
  • T: threats (ameaças);

É por isso que muitos textos brasileiros a apresentam como metodologia FOFA. Em termos práticos, não existem diferenças entre as técnicas — trata-se apenas de uma escolha entre a sigla em português ou em inglês.

Entenda um pouco mais sobre cada um dos aspectos avaliados na análise SWOT a seguir.

Forças

As forças são os elementos positivos dentro da análise SWOT. Elas sempre dizem respeito a aspectos internos do seu negócio e podem ser entendidas como vantagens em relação à concorrência.

O que a sua empresa oferece em termos de estrutura e benefícios internos? Comunicação transparente, cultura organizacional consolidada e processos bem definidos são alguns exemplos que podem ser considerados nessa etapa.

Fraquezas

As fraquezas também pedem que a organização olhe para dentro, mas dessa vez para identificar possíveis falhas internas. Quais são os principais aspectos negativos do seu negócio? Sim, é preciso colocar o dedo na ferida!

Responder a essa pergunta com franqueza pode não ser fácil para o ego, mas é essencial para o sucesso da análise SWOT. Falta de capacitação de colaboradores, alta rotatividade e atrasos na produção devem ser listados aqui.

Oportunidades

Assim como as forças, esse tópico diz respeito a aspectos positivos, que podem favorecer a organização de alguma forma. Contudo, são fatores que dependem do mercado, ou seja, estão externos à organização.

Quais são as tendências do mercado para o produto ou serviço com o qual você trabalha? Que tecnologias podem ajudar na expansão da sua empresa? De que forma a economia está a seu favor? Responda a essas perguntas e identifique as principais oportunidades do seu negócio.

Ameaças

Para identificar as ameaças, novamente é preciso olhar para o mercado — ou seja, para fora —, mas dessa vez para identificar os aspectos que podem trazer prejuízos ao seu negócio.

Política, crises econômicas e novos concorrentes são só alguns exemplos do que considerar. Conhecer os “perigos” que o mercado ou a concorrência podem oferecer é fundamental para ter planos de médio e longo prazo e também para traçar rápidas estratégias de recuperação.

Por que usar a análise SWOT no Marketing Digital?

A quantidade de conteúdo online publicada diariamente é praticamente imensurável. Diferentes novas tecnologias são apresentadas (e aprimoradas) com grande frequência — e as novas gerações modificam o relacionamento cliente-marca a cada dia. Em outras palavras, o Marketing Digital é uma área em constante transformação.

Quando a rapidez é uma variável importante para o sucesso ou fracasso de uma marca, a tomada de decisão ágil e certeira se faz necessária. Veja a seguir em que situações a aplicação da análise SWOT no Marketing Digital pode ajudá-lo a garantir isso.

Criar planejamentos estratégicos

O Marketing Digital evoluiu bastante nos últimos anos e já não é mais — ou não deveria ser — aquela área da empresa destinada ao “sobrinho” que entende de um pouco de tudo relacionado à internet. Com a profissionalização do campo, o planejamento estratégico é necessário para trazer inteligência às decisões e ações da equipe.

A análise SWOT pode ser muito útil nesse sentido. Seja para um lançamento específico, seja para uma campanha always on, entre outras coisas, ela pode:

  • oferecer um diagnóstico sobre o que precisa ser aprimorado;
  • ajudar a elencar prioridades;
  • trazer mais competitividade ao seu Marketing Digital — valorizando-o tanto interna como externamente.

O planejamento estratégico é essencial, mas passível a mudanças — ainda mais no Marketing Digital, em que tudo acontece tão depressa. A análise SWOT pode ser utilizada inclusive para identificar uma possível necessidade de alteração desse documento.

Vamos imaginar o seguinte cenário: o seu planejamento foi elaborado por uma equipe competente e diversa (força); mas isso aconteceu há muito tempo e a maioria da equipe atual não se sente “dona” do material (fraqueza). Além disso, o principal concorrente da marca lançou um novo produto digital (ameaça); porém, o fim de ano se aproxima e essa sazonalidade costuma ser benéfica ao seu negócio (oportunidade).

Nesse caso brevemente apresentado, pode ser que esteja na hora de criar um planejamento estratégico mais atualizado e condizente com a nova realidade da empresa, do mercado e da concorrência.

Tomar decisões

Já falamos um pouco sobre como a metodologia FOFA ajuda a tomar decisões pautadas em informações e não em achismos. Como você viu, é possível decidir até mesmo se é hora de reformular o planejamento estratégico ou não. A aplicação dessa técnica também é muito comum quando uma empresa precisa avaliar algum tipo de expansão — como abrir uma filial ou uma nova franquia.

Quando se trata da análise SWOT no Marketing Digital, dois outros tipos de decisão podem ser muito bem pautadas pelo seu uso: lançamento de produto e expansão da equipe.

Como saber se o produto X deve ser lançado antes do Y? Ou se a divulgação de cada um deles seria mais bem recebida no Natal ou no Dia das Mães? Certamente, você pode ir atrás de fatores internos e externos, positivos e negativos para responder a essas perguntas (e outras) e, dessa forma, tomar a melhor decisão possível.

Prever o comportamento dos usuários

Ainda no âmbito de “olhar para fora” que a análise SWOT permite, em algumas situações, prever o comportamento dos usuários. Isso diz respeito não só aos produtos e serviços da marca de forma geral, como também está relacionado ao que é oferecido em termos de atendimento e suporte ou, inclusive, conteúdo no Marketing Digital.

Por mais que você não tome uma decisão de imediato, contar com a análise FOFA permite, no mínimo, um vislumbre do mercado, além de ajudar a sua equipe a se preparar para o que vem pela frente.

Como fazer uma Análise SWOT no Marketing Digital?

Já está decidido a adotar a análise SWOT no Marketing Digital? Ótimo! Então agora é hora de colocarmos a mão na massa. A aplicação da técnica deve ser bastante visual — não é à toa que ela também é chamada de matriz SWOT.

Não importam os materiais usados, desde que você consiga criar uma associação de ideias entre os pontos analisados.

Monte uma equipe diversificada

A análise SWOT pode ser entendida como um grande brainstorming. Talvez o que é força para um colaborador pode ser considerado fraqueza por outro. Da mesma forma, um membro da equipe pode ter mais informações sobre o mercado do que outro de uma geração diferente.

Desse modo, é importante montar uma equipe diversificada para essa “tempestade de ideias”. Dependendo do que estiver sendo analisado, pode ser eficiente trazer funcionários de outras áreas.

Quando o assunto diz respeito à contratação de novos colaboradores, por exemplo, provavelmente a pauta da produtividade será levantada. Então, nada mais justo que incluir alguém do RH da empresa, por exemplo.

Avalie os fatores internos

Depois de definida a equipe, é hora de organizar os quadrantes. Em uma primeira linha, você vai listar forças e fraquezas, destinando uma coluna para cada.

Nessa etapa, a principal dica é ser direto e objetivo, mesmo quando isso implica listar fraquezas da empresa, de um produto específico ou da equipe. É importante que o brainstorming de uma análise SWOT no Marketing Digital seja um ambiente cordial e sem censuras, para que todos os participantes emitam as suas opiniões livremente.

Analise os fatores externos

A segunda linha é destinada aos fatores externos que você já conhece: oportunidades e ameaças. Cada um desses também vai ocupar uma coluna específica. Assim, você terá duas linhas (ambiente interno e ambiente externo) e duas colunas (pontos positivos e pontos negativos). É importante contar com cores ou símbolos que sinalizem visualmente o que é positivo e o que é negativo na análise.

Para avaliar os fatores externos, é importante contar com o suporte de informações relevantes e pesquisas atualizadas. Você pode organizá-las na véspera e/ou designar alguém da equipe para conferir a veracidade dos dados que serão levantados ao longo do brainstorming.

Interprete os resultados

É aqui que a organização visual da matriz SWOT pode fazer a diferença. Quando bem-feita, essa análise permite um rápido cruzamento de informações entre os diferentes quadrantes criados. Na interpretação dos resultados, você deve observar como eles se relacionam e qual é o peso das diferentes informações levantadas.

Algumas comparações entre as colunas “aspectos positivos” e “aspectos negativos” também devem ser feitas para entender se elas se equilibram. Por exemplo: as forças de alguma forma amenizam as ameaças? As oportunidades podem ser aproveitadas apesar das fraquezas? Alguma das ameaças pode ser solucionada com a eliminação de uma fraqueza?

Você não necessariamente deve chegar a uma conclusão de uma hora para a outra. Depois de contar com uma equipe variada para a elaboração das análises, não tem problema se a interpretação dos resultados pode for um trabalho mais solitário. Pode ser interessante, até mesmo, “dormir com isso” e trazer mais informações, dados e insights no dia seguinte.

Como vimos, a análise SWOT no Marketing Digital é uma ferramenta de fácil aplicação e com uma variada gama de utilidades. Ela pode trazer insights valiosos sobre a empresa, a equipe, o mercado ou, ainda, a concorrência. Uma de suas grandes vantagens é justamente o fato de poder ser utilizada tanto em estruturas macro (como a empresa) quanto em áreas específicas (como o Marketing Digital).

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

 

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.