Como as marcas podem evitar uma exclusão arbitrária em um programas de afiliados

por Augusto Parra Quarta-feira, 24 de novembro de 2021   Tempo de leitura: 4 minutos

O marketing de afiliados vem ganhando cada vez mais relevância nos últimos anos, tornando-se um importante canal adicional em vendas para o e-commerce global. O mercado aquecido fez acelerar também a preocupação com a segurança e o desenvolvimento de ferramentas antifraudes, que garantam maior confiabilidade ao segmento.

Riscos e cuidados nas vendas sazonais

Com a chegada de datas como a Black Friday e o Natal, o volume de cliques e vendas aumenta exponencialmente, o que torna necessário alguns cuidados extras, a fim de evitar uma exclusão arbitrária dos programas de afiliados dos quais as marcas participam.

Neste setor, quando há suspeita de fraude, o melhor a se fazer é analisar caso a caso, para maior compreensão sobre o intervalo gerado entre o clique e a conversão. O tempo utilizado para a transação pode dar pistas, uma vez que para finalizar uma compra, o consumidor precisa seguir algumas etapas dentro da plataforma de comércio eletrônico.

Além disso, verificar o perfil de consumo do usuário levado pelo afiliado, com base em dados gerados por relatórios de rede, pode ser um bom caminho, embora esta não seja uma informação conclusiva por si só, mas que certamente indica algum grau de confiabilidade do tráfego.

Confiança no afiliado

Conhecer a trajetória e confiabilidade do afiliado também é importante. A análise do histórico é fundamental para que os anunciantes fechem boas parcerias. Dessa forma, é preciso levar em conta quais as marcas para as quais ele trabalhou e os resultados gerados para elas. A qualidade e o tipo de conteúdo também podem influenciar, já que isso também ajuda a segmentar qual audiência será impactada.

Procure também saber quais são as plataformas que os afiliados com os quais sua marca pretende trabalhar utilizam. Como é a segurança dessas mídias? Essas informações também podem ajudar a se certificar sobre a qualidade do tráfego gerado.

Outro ponto de atenção é não se apegar apenas ao que o mercado oferece em termos de tecnologia. Embora o desenvolvimento de ferramentas antifraudes tenha corrido a largos passos, em termos de negócios, nada substitui a boa e velha conversa.

Planejamento

Agende uma reunião para conhecer melhor o seu afiliado e gerar mais oportunidades, a partir de insights que somente um brainstorm pode proporcionar. Um bate-papo pode ajudar sua marca a compreender melhor a audiência impactada pelo afiliado, fazendo com que juntos criem estratégias mais assertivas para a conversão.

Por fim, solicitar a cada afiliado que forneça o volume total de possíveis fraudes também é importante. Isso facilita a análise e a verificação. Os passos citados anteriormente podem evitar um cancelamento arbitrário de um programa de afiliados por parte dos anunciantes, ou seja, permitem continuar a trabalhar em rede, com acesso aos top afiliados em suas campanhas.

Dessa forma, antes de tomar qualquer decisão relevante, o melhor a ser feito é cercar-se de provas e evidências contundentes para serem apresentadas à rede e ao afiliado. Ganha assim todo ecossistema, mantendo a qualidade de tráfego gerado e a transparência nas transações.

Leia também: Black Friday: 65,3% dos consumidores pretendem antecipar compras de Natal.

Gostou desse artigo? Não esqueça de avaliá-lo!
Quer fazer parte do time de articulistas do portal, tem alguma sugestão ou crítica?
Envie um e-mail para redacao@ecommercebrasil.com.br

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER