Abandono da compra: como resgatar conversões com boleto bancário

por Julia Hartmann Segunda-feira, 27 de março de 2017   Tempo de leitura: 3 minutos

O boleto bancário é um dos métodos de pagamento mais seguros para um e-commerce. Por um lado, os clientes receosos de inserir os seus dados bancários na internet podem comprar aliviados. Por outro, o lojista não sofre precisando controlar o nível de chargebacks e não há riscos de fraude.

Porém, apesar das suas vantagens, existe uma clara desvantagem: ao ser um método push, o pagamento com boleto requer a boa vontade do cliente para terminar o processo e efetivamente pagá-lo.

Para não dar tempo ao comprador para mudar de opinião, algumas lojas online preferem não oferecer o pagamento com boleto e priorizar outros métodos de pagamento que garantem que a compra seja finalizada na hora.

Garantir essa conversão é especialmente importante em categorias nas quais predomina a compra impulsiva, como moda ou cosméticos. No entanto, há uma técnica que pode ajudar a recuperar estes clientes que abandonaram o carrinho, seja por um erro na conexão com o banco ou por hesitar e finalmente desistir no último passo da compra.

A estratégia é básica, porém efetiva: basta mandar um e-mail ao cliente oferecendo a possibilidade de adquirir os produtos ou serviços desejados pagando com boleto bancário. E claro, este e-mail precisa conter o link do boleto para tornar ainda mais fácil o pagamento.

Como recuperar com boleto clientes que já abandonaram o carrinho

Esta estratégia realmente pode ser usada por qualquer loja online. Não importa se você oferece boleto bancário como método de pagamento no checkout ou não, é possível fazer a configuração igualmente.

O cliente abandonou o carrinho, o que fazer? Muitos lojistas não fazem nada. Porém, se os dados necessários foram capturados, estão desperdiçando oportunidades valiosas. A recuperação via boleto gera uma segunda oportunidade de conversão.

Para configurar esta estratégia há três elementos necessários:

  • Captura de dados

O primeiro passo é adaptar o checkout para captar os dados necessários para gerar o boleto bancário. É possível obtê-los de várias formas, algumas lojas online exigem um registro e depois utilizam estes dados do usuário. Outras lojas preferem inserir um formulário na página anterior ao pagamento ou inclusive na mesma página de pagamento.

  • Geração de boletos

O segundo passo requer um sistema que gere os boletos em um link. O sistema da PagBrasil, por exemplo, está preparado para isto e permite personalizar dados como o prazo de vencimento ou colocar uma mensagem individual no boleto.

É preciso programar a geração de um boleto com os parâmetros personalizados quando ocorra o abandono do carrinho ou o cartão não é aceito. Alguns problemas comuns estão relacionados com a conexão com o banco, a validade do cartão e inclusive o uso de cartões de crédito invés de cartões de débito e vice-versa.

Quando o cliente abandona a página de compra, é enviada uma ordem para a API com os parâmetros e dados necessários e o boleto é gerado automaticamente.

  • Envio de e-mails

O terceiro passo consiste em programar o envio deste boleto gerado por e-mail. Isso pode ser feito em parceria com o processador de pagamentos se este oferece um serviço de envio de boletos por e-mail.

Além disso, também pode ser programado à parte. Assim, todo o processo fica automatizado: o cliente abandona o carrinho, a API do processador de pagamentos gera o boleto com o seu respectivo link e o e-mail personalizado é enviado ao cliente.

Principais vantagens de usar o boleto para recuperar clientes

A principal vantagem da estratégia é a sua simplicidade. A recuperação de clientes com boleto permite aproveitar ao máximo o potencial do tráfego que você já está atraindo para o seu e-commerce.

Trata-se de clientes que já estão interessados em algo específico que você tem na sua loja e até mesmo decididos a comprar, nos casos que a desistência é causada por erros no processamento do cartão. Além disso, é importante destacar os seguintes aspectos:

– Estratégia com custo baixo

A funcionalidade pode ser configurada otimizando recursos. Para isso, é importante buscar um processador de pagamentos que cobre somente pela compensação e não pela emissão de boletos.

Desta forma, o custo por tentativa se reduz ao envio do e-mail em si. De forma orientativa, isto pode supor menos de 1 centavo por boleto enviado por e-mail, porém as tarifas variam de acordo com o serviço utilizado.

Quando o cliente finaliza o pagamento é gerada uma cobrança referente ao processamento do pagamento, como em qualquer transação de e-commerce.

  • Automação do processo

O comerciante precisará dedicar um esforço inicial na parte da programação e ajustar as configurações segundo as suas necessidades. No entanto, depois de configurado, todo o processo é automático. Isto permite otimizar os recursos do time de marketing, obtendo um maior rendimento dos visitantes que já são atraídos para o site e melhorando a conversão sem carregar de tarefas a sua equipe.

Procure uma plataforma compatível com esta configuração e já possui a opção para usar o sistema de envio do boleto bancário por e-mail ou inclusive por SMS. Outra vantagem adicional é a compatibilidade com o Boleto Flash™, com o qual o lojista recebe a confirmação do pagamento em menos de 3h em dias úteis.

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Hospedado por: Dialhost Transmissão de Webinars: Leads Qualificados: Dialhost Recrutamento & Seleção: Dialhost Métricas & Analytics: MetricasBoss People Marketing: Dialhost

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.