A transformação digital é mais sobre seus processos do que você imagina

por Roberto Domingues Quinta-feira, 10 de setembro de 2020   Tempo de leitura: 3 minutos

A era digital alterou radicalmente o modo como vivemos, trabalhamos e fazemos negócios. As empresas, para se manterem relevantes e competitivas, já compreenderam que a transformação digital é inevitável, um caminho sem volta. Elas dependerão cada vez mais da tecnologia para automatizar tarefas repetitivas, melhor segmentar seus públicos de interesse e conhecer profundamente os clientes e suas preferências.

Está claro que quem não se adaptar corre o risco de perder mercado — ou, pior, ser atropelado por uma disrupção. Mas para além da adoção pura e simples de novas ferramentas, o processo de incorporação de tecnologias nos negócios deve ser funcional e visar objetivos mais estratégicos, elevando resultados, entregando valor ao cliente e servindo ao real propósito das companhias.

A digitalização é necessária e urgente. E não faltam razões para você iniciar ou acelerar esse processo na sua companhia.

O digital é alavanca para a eficiência operacional

Uma das razões para avançar na digitalização é a melhora do desempenho organizacional. Está mais que provado que softwares e recursos que automatizam e integram processos são indispensáveis para reduzir custos e alavancar a produtividade. Em um cenário de mudanças aceleradas, esse investimento pode ser a diferença entre ganhar ou perder clientes.

Um meio de melhorar a experiência de compra

A tecnologia é o meio para adequar as operações de venda ao novo perfil do consumo digital. Após o boom do mobile e, infelizmente, da pandemia da Covid-19, o brasileiro viu-se obrigado a experimentar e perdeu de vez o receio de comprar online. Ele encontrou na internet uma ampla oferta de produtos e serviços.

Na disputa pela preferência do cliente, ganha a marca que entende que a experiência de compra é decisiva, inclusive no comércio entre empresas (B2B). Afinal, a geração nascida com o smartphone na mão já ocupa posições decisórias nas companhias, demandando das práticas comerciais profissionais a mesma comodidade que a tecnologia agregou à vida pessoal.

E porta para novos mercados

Além de fornecer dados que permitem estreitar o relacionamento com o cliente, o digital é porta para a conquista de novos mercados. Por meio de plataformas online, é possível segmentar públicos, ganhar capilaridade e alcançar territórios antes impensáveis. O digital se impõe como um complemento capaz de simplificar o processo de venda, ampliar o raio de atuação e escalar crescimento de forma produtiva e com economias de escala.

Independentemente do porte ou segmento, muitos negócios estão se reinventando, sob o risco de não sobreviverem. A transformação digital é prioritária, mas o modo de fazê-la nem sempre está claro. As possibilidades digitais são múltiplas e variadas, e as escolhas das melhores rotas e ferramentas exigem expertise, planejamento e sinergia com os objetivos estratégicos da empresa.

Gostou desse artigo? Não esqueça de avaliá-lo!
Quer fazer parte do time de articulistas do portal, tem alguma sugestão ou crítica?
Envie um e-mail para redacao@ecommercebrasil.com.br

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.