A importância do vídeo para sua estratégia de negócios

por Augusto Custodio Quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017   Tempo de leitura: 3 minutos

Se você tem um negócio e ainda não sabe qual canal digital deve receber maior atenção, te digo: a hora de apostar em conteúdos audiovisuais é agora. Cada vez mais as pessoas têm consumido conteúdo em vídeo na internet, 62% das pesquisas feitas no Google incluem procura por vídeos.

Nós humanos, principalmente brasileiros, temos uma tendência cultural a dar mais preferência para conteúdos visuais ao invés de enormes blocos de texto. Nosso cérebro processa informações em formato visual até 60 mil vezes mais rápido do que em palavras.

Os canais de TV já entenderam a força desse movimento. Alguns canais pagos e até canais abertos – que oferecem conteúdo exclusivo ou replicam aquele distribuído pela TV em plataformas online, são exemplos do que essa revolução do vídeo é capaz de fazer. Só para citar alguns: Globo Play da TV Globo, HBOGO, R7 Play, entre outros estão seguindo essa tendência.

O Netflix já possui mais assinantes do que as duas maiores TV’s a cabo dos EUA – no Brasil, são 6 milhões de assinantes. O que podemos perceber com todo esse crescimento do conteúdo de nicho é que os usuários não querem ter 200 canais disponíveis, eles querem pagar e assistir somente aquilo que realmente interessa.

Nesse sentido, é fundamental para sua estratégia de negócio dedicar um pouco do seu tempo para escrever roteiros para seus vídeos. Claro que não basta ligar a câmera e sair falando. Em meu blog, que em breve vai estar no ar, eu darei mais dicas de como elaborar um bom roteiro de vídeo, algo necessário para garantir os seus views e o tráfego para seu site.

Estatísticas

No Facebook são cerca de 100 milhões de horas de vídeos assistidos todos os dias. Os usuários do YouTube assistem a mais de 3 bilhões de horas de vídeos todos os meses. Já o Snapchat, os usuários consomem “apenas” 10 bilhões de vídeos por dia. No Stories, o consumo segue crescendo.

Inclusive, Zuckerberg acertou em algumas funções que corrigem problemas do Snap, como não poder voltar uma história, marcar os amigos etc. É bom lembrar que o Stories do Instagram é uma ‘integração’ às ações do grid, como, por exemplo, mostrar os bastidores de produção da foto que não foi ao ar oficialmente.

Publicidade

Em janeiro deste ano, já entraram em vigor as métricas associadas à publicidade. As métricas nos perfis de negócios vão incluir alcance, impressões e respostas. Já os anúncios de tela cheia no Stories serão testados com algumas marcas selecionadas. A Skol encabeça essa lista. A ideia é que toda a segmentação, entrega e medição que as pessoas já acessam no Facebook e Instagram estejam disponíveis para o Stories.

O Airbnb, AT&T, BuzzFeed, Coca-Cola, General Motors, L’Oréal, McDonald’s e Nike estão entre as mais de 30 empresas que vão testar o serviço nos Estados Unidos. Os anúncios de mais de 15 segundos serão exibidos entre as histórias postadas na ferramenta Stories, com uma página inteira e som ativado automaticamente.

Público

Somos social. No mundo somos mais de 3 bilhões de usuários da internet, que atinge cerca de 50% da população mundial. Destes, 37% são ativos em redes sociais, sendo que mais de 2 bilhões de pessoas usam as redes via mobile (34%). A maioria dos jovens entre 18 a 34 anos gastam apenas 18% do seu tempo assistindo televisão aberta e a cabo. Eles migraram para os dispositivos digitais, que retém cerca de 61% da atenção desse público.

Grande parte dos vídeos que são assistidos na web acontece através de aparelhos móveis, sendo que 92% dos espectadores de vídeos pelo celular, tendem a compartilhar se o conteúdo for interessante e bem feito. A previsão é que, em 2020, o acesso à internet através de smartphones, tablets chegue a 75% de todos os acessos e ultrapasse o tráfego via computadores e notebooks, que cai 20% ano a ano. Até 2018 o Brasil terá 236 milhões de aparelhos celulares.

Se você ainda não está convencido

Esse é o momento ideal para construir um negócio baseado em vídeos. Para o seu negócio aparecer, ser visto, usar o recurso do audiovisual é uma boa estratégia. Só de figurar a palavra “vídeo” no título de um e-mail ele tem mais chances de ser aberto. Além disso, ter vídeos em sua plataforma digital para o seu negócio facilita o rankeamento de seu site ou blog nas primeiras páginas de busca do Google, logo, sua chance de chegar às primeiras posições aumenta em até 50 vezes!

Mas lembre-se: produza conteúdo relevante, raro e de qualidade; tenha uma plataforma de vídeo para gerir todo esse conteúdo, com um ambiente personalizado e soluções de pagamento, para o caso de e-commerces, seguras e integradas; para a distribuição, aposte em estratégias de marketing digital, redes sociais e marketing de conteúdo para que seu conteúdo viralize. Outra dica é: invista em mídia paga.

Alguns números

·      76% das pessoas compartilham conteúdos institucionais se for divertido;
·      69% estão dispostos a compartilhar se trouxer informação e gerar valor;
·      55% dos usuários compartilham um vídeo inspiracional;
·      31% compartilham um vídeo apenas porque se identificam com a marca.

Se você souber investir nesse segmento, sendo criativo, tem grandes possibilidades de dar um upgrade no seu negócio.

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Hospedado por: Dialhost Transmissão de Webinars: Leads Qualificados: Dialhost Recrutamento & Seleção: Dialhost Métricas & Analytics: MetricasBoss People Marketing: Dialhost

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.