7 cálculos de indicadores essenciais para tomada de decisão no seu e-commerce

por Gustavo de Andrade Silva Sexta-feira, 30 de abril de 2021   Tempo de leitura: 9 minutos

Sempre que for avaliar o seu negócio, a primeira coisa que você precisa levar em consideração são os indicadores de desempenho.

Os indicadores são métricas que não podem ficar de fora das análises de um e-commerce varejista, isso porque é por meio desses dados que você, gestor, vai descobrir se o seu negócio está (ou não) obtendo sucesso.

Há vários indicadores que podem ser analisados pela sua empresa. No entanto, existem alguns principais que são indispensáveis caso você queira melhorar a tomada de decisão.

Quer garantir uma tomada de decisão estratégica e melhorar os resultados do seu e-commerce? Então veja no artigo de hoje qual a importância de analisar cuidadosamente os dados do seu negócio e quais são os principais indicadores de desempenho.

Por que os indicadores de desempenho são importantes?

A empresa que vende na internet sabe que o mercado digital é competitivo e que o sucesso dos negócios depende de uma boa tomada de decisão.

Os indicadores de desempenho são usados para avaliar o desempenho das estratégias e progresso das vendas, mas eles desempenham um papel muito mais importante: são ferramentas que auxiliam o gestor na hora de fazer investimentos, incluir ou retirar produtos do portfólio, aumentar ou reduzir a equipe, entre outros.

Quando não utiliza indicadores de desempenho, o profissional de gestão não consegue obter conhecimento suficiente para uma tomada de decisão estratégica. Isso porque não sabe como está o progresso do seu e-commerce, nem que práticas dão certo.

Agora pense só, o que acontece quando o gestor não avalia o desempenho do seu e-commerce e não toma boas decisões? O negócio simplesmente não sai do lugar, e por se manter estático a empresa simplesmente deixa de ser competitiva.

Principais indicadores de desempenho

Uma tomada de decisão só é assertiva quando existe conhecimento. Os indicadores de desempenho nada mais são do que a fonte desse conhecimento e os dados servirão de base para o direcionamento das estratégias.

Agora que você já sabe porque os indicadores são importantes, veja quais são as principais métricas que não podem ficar de fora das análises do seu e-commerce:

Faturamento bruto

O faturamento bruto é um indicador que mostra a quantia de dinheiro que a sua empresa conseguiu arrecadar a partir das vendas em um determinado período. Essa métrica não pode faltar na sua análise porque mostra o verdadeiro potencial de crescimento do seu e-commerce.

Para achar o faturamento bruto, você precisa usar a seguinte fórmula:

Faturamento bruto = volume total de vendas X valor de cada unidade vendida

Nesse caso, se em um determinado mês a sua empresa vendeu 1.000 itens a um preço unitário de R$ 30,00 o faturamento bruto será de R$ 30.000,00

Ticket médio

O ticket médio é um indicador que mostra quanto cada um dos seus clientes gasta, em média, na sua empresa. Essa é uma métrica que pode ajudar na elaboração de ações estratégicas e no planejamento de vendas.

A fórmula para o ticket médio é a seguinte:

Ticket médio = faturamento bruto / total de clientes

Assim sendo, se o faturamento bruto do seu e-commerce é R$ 30.000 e o total de clientes é 200, o ticket médio da sua empresa será de R$ 150,00.

Custo de Aquisição de Clientes

O custo de aquisição de clientes é um indicador que mostra quanto a sua empresa precisa investir para converter um cliente novo. Essa é uma métrica que pode ajudar a planejar o seu orçamento, inclusive a direcionar melhor suas ações de marketing.

Para achar o custo de aquisição de clientes você precisa usar a seguinte fórmula:

Custo de aquisição de cliente = total investido para converter clientes / total de clientes novos

Nesse caso, se o seu e-commerce investiu R$ 6.000 para adquirir um cliente e foram conquistados 950 novos consumidores, o custo de aquisição de clientes será de R$ 6,32.

Tempo médio de conversão

O tempo médio de conversão é um indicador que mostra o período de tempo que a sua empresa leva para converter um visitante em cliente. Essa é uma métrica que não pode faltar na sua análise, já que ajuda a entender melhor o ciclo de vendas e quais estratégias precisam ser implementadas para otimizar a abordagem ao lead.

Nesse caso, não existe uma fórmula específica para calcular o tempo médio de conversão. Esse é um levantamento que deve ser feito analisando os relatórios de gestão e tráfego do seu site.

Taxa de conversão

A taxa de conversão é uma métrica que mostra o quanto a sua empresa é eficiente em converter os visitantes do site em clientes. Ou seja, indica o percentual de pessoas que, ao visitar a sua página, concluíram alguma compra.

Para achar a taxa de conversão usamos a seguinte fórmula:

Taxa de conversão = total de vendas / total de visitantes *100

Se no mês você efetuou 3.700 vendas e o total de visitantes únicos no seu site foi de 9.000, a sua taxa de conversão será: 41,11%.

Taxa de recompra

A taxa de recompra mostra o número de clientes que repetiram a compra em um determinado período. Esse é um indicador muito importante para um e-commerce varejista, pois mostra a capacidade que a empresa tem de gerar receita recorrente.

A fórmula para a taxa de recompra é a seguinte:

Taxa de recompra = total clientes que repetiram a compra / total de clientes *100

Assim sendo: se 2.000 clientes compraram com a sua empresa no início do mês, e no final do período, 1.300 repetiram a compra, a sua taxa de recompra será de 65%.

Satisfação dos clientes

A satisfação dos clientes é outro indicador que não pode ficar de fora das análises de um e-commerce varejista. Afinal, vai mostrar o quanto o consumidor digital está satisfeito com a sua empresa e se ele está propenso a indicar o seu negócio para outras pessoas, além de fazer novas negociações.

Para esse dado não é preciso fórmula, ok? Você pode descobrir o grau de satisfação dos seus clientes apenas realizando pesquisas digitais ou até mesmo aplicando questionários após atendimento e compra.

Viu só como os indicadores podem ajudar o seu e-commerce varejista na tomada de decisão? Os cálculos são simples de serem realizados, mas o acompanhamento deve ser contínuo para que a tomada de decisão seja mais assertiva. Dica! Considere utilizar um sistema de gestão ERP na sua loja virtual já que estes sistemas apresentam esses indicadores através de dashboards ou relatórios.

Gostou desse artigo? Não esqueça de avaliá-lo!
Quer fazer parte do time de articulistas do portal, tem alguma sugestão ou crítica?
Envie um e-mail para redacao@ecommercebrasil.com.br

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER