Acesso rápido

6 soluções tecnológicas para o varejo online

por Gustavo Chapchap Segunda-feira, 16 de julho de 2018   Tempo de leitura: 3 minutos

Quem acompanha o varejo online sabe que ele evolui a cada dia. O desenvolvimento de soluções tecnológicas faz com que a abordagem ao cliente seja sempre mais certeira, além de eliminar obstáculos e fazer com que a compra se torne simples e rápida.

Portanto, se o seu objetivo é conhecer e implementar soluções para tornar sua loja virtual mais atrativa e eficiente, não perca este artigo. Vamos mostrar como esses recursos vão ajudá-lo a captar clientes, abordá-los de forma adequada, garantir sua satisfação e alavancar as vendas.

Ficou curioso para saber que soluções são essas? Então, confira nossa seleção!

1- Monitoramento da audiência

O primeiro passo para vender pela internet é fazer com que as pessoas cheguem ao seu site. Hoje em dia, existem ferramentas específicas para monitorar a audiência, mostrando não só quantas pessoas visitam a página, mas de onde elas vêm.

O Google Analytics é um bom exemplo. Ele permite o acesso a informações importante, como:

– Número de visitas recebidas pelo site;
– Origem das visitas (pesquisa no Google, redes sociais, e-mail marketing, anúncios etc.);
– Dados demográficos, como a região de onde vêm os acessos;
– Páginas mais acessadas na loja online.

Esses são só alguns exemplos, já que o Analytics permite analisar mais de 500 métricas diferentes. Elas são importantes para mostrar como o consumidor se comporta em sua loja virtual e em que investir para obter retorno significativo.

Então, se o seu objetivo é primeiramente atrair visitantes, ele vai ajudá-lo a identificar quais são as portas de entrada que o trazem à sua loja. É seu próprio blog? Anúncios específicos, publicações em redes sociais? Assim, a empresa descobre em que concentrar seus esforços e recursos.

2- Integração de múltiplos canais

Já falamos em outros artigos sobre a importância de o consumidor ter múltiplos canais à sua disposição. É preciso alcançá-lo por diversos meios — site, marketplace, televendas, loja física — para ampliar suas chances de negócios.

No entanto, uma gestão amadora desses meios pode surtir o efeito contrário. Conflitos entre canais podem gerar rupturas no estoque, divergências de preços, condições e outros problemas que causam grande insatisfação ao consumidor. Por isso, é importante que esses canais sejam integrados de forma eficiente.

Esta solução, por exemplo, tem esse papel. A plataforma permite gerenciar pedidos e catálogos da loja física e online no mesmo ambiente. Seu site, marketplace e comércio nas redes sociais funcionarão em sincronia, promovendo a melhor experiência possível ao cliente.

E por falar em marketplace, esse é um dos canais que vêm ganhando destaque nos últimos tempos. Por isso, é importante que sua loja esteja preparada para explorá-lo em sua estratégia.

Esta outra ferramenta conecta seu comércio com as principais plataformas de marketplace do mercado, fazendo com que milhões de pessoas que acessam esses canais tenham contato com seus produtos.

3- Melhoria da logística de entrega

Grande parte das compras realizadas no varejo online cria enorme expectativa no consumidor. A logística tem papel fundamental em proporcionar a ele a melhor experiência, garantindo que a entrega ocorra no menor prazo possível.

Por isso, é importante utilizar ferramentas que automatizam a gestão de despachos. Sem elas, a empresa arca com os custos da manutenção de funcionários para atividades burocráticas e atrasa processos. O cliente, por sua vez, fica insatisfeito com a demora.

Além disso, é interessante que o cliente tenha várias opções de entrega. Elas devem constar no seu checkout, permitindo que ele escolha uma alternativa mais barata e com um prazo maior, ou outra rápida, mesmo que com custos excedentes.

Os recursos de cálculo de frete são muito importantes. Eles permitem que o usuário escolha uma opção de acordo com suas necessidades, além de demonstrar o profissionalismo da sua loja virtual.

4- Atendimento ao usuário

Agilidade e respeito são essenciais para proporcionar um bom atendimento ao usuário de e-commerce. Apesar de algumas questões exigirem atenção maior, outras demandas são muito simples e precisam somente de um encaminhamento rápido.

No quesito agilidade, a automação pode ajudar muito. Não há motivos para um consumidor esperar minutos por um atendimento telefônico ou via chat se o seu objetivo é apenas rastrear uma entrega ou solicitar uma troca, por exemplo.

Para essas situações, chatbots são opções cada vez mais utilizadas. Eles podem ser programados para atender essas demandas simples de forma plenamente satisfatória, facilitando o processo e contribuindo para a satisfação do cliente.

5- Melhoria na experiência do cliente

O varejo online pode até reduzir o contato pessoal, mas isso não significa que seus clientes queiram ser tratados como mais um número. Toda a experiência do usuário — desde o primeiro contato até o pós-venda — precisa ser desenhada para ser incrível e, preferencialmente, personalizada.

O varejo online já dispõe de diversas soluções para possibilitar essa personalização. Elas permitem chamar o usuário pelo nome, usar seu histórico para solucionar problemas rapidamente e enviar ofertas baseadas em suas preferências pessoais.

Sistemas de CRM (Customer Relationship Management) são importantes para registrar todas as interações com seus clientes. Essas ferramentas ajudam seus atendentes, ou mesmo as máquinas, a conhecê-los melhor e oferecer soluções adequadas às suas necessidades.

6- Redução nas taxas de abandono do carrinho

Um dos principais problemas do comércio virtual é o abandono do carrinho por parte dos consumidores. As causas para isso são muitas e vão desde a exigência de longos formulários até transtornos na hora do pagamento.

Recursos como social login são importantes para solucionar esse problema. Além disso, todo o checkout deve ser muito simples. Este tipo de ferramenta permite que mesmo um cliente sem cadastro conclua a compra em apenas três passos.

Para o consumidor, a experiência o checkout deve ser intuitiva e rápida. Todas as informações solicitadas estão em única tela. Até mesmo o preenchimento de dados do cartão é bem visual, evitando dúvidas e erros e aumentando a taxa de conversão.

E depois de ter feito esse cadastro, tudo se torna ainda mais fácil. Em caso de recompra, a plataforma faz a identificação automaticamente, evitando que o cliente precise preencher o formulário outras vezes.

O que você achou deste artigo? Deixe seu comentário!

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

 

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

O projeto E-Commerce Brasil é mantido pelas empresas:

Oferecimento:
Hospedado por: Dialhost Transmissão de Webinars: Recrutamento & Seleção: Dialhost Métricas & Analytics: MetricasBoss

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.