6 dicas de como tornar o processo de pagamento fácil para seus clientes

por Taiane Guimarães Segunda-feira, 21 de agosto de 2017   Tempo de leitura: 3 minutos

Sem tempo para ler este artigo? Experimente o player acima!

O check-out é a fase final de um e-commerce, mas isso não quer dizer que é a etapa menos importante do processo de pagamento, muito pelo contrário. É no check-out que os visitantes se tornam clientes, maximizando as conversões e, consequentemente, aumentando o retorno do seu investimento.

Ao simplificar o fluxo de pagamento, é possível manter o cliente em seu domínio durante toda a experiência de compra. Evidentemente, a confiança é o fator decisivo para o usuário finalizar sua compra.

1. Tenha diversas opções de bandeiras como meio de pagamento

A dica parece óbvia, mas há sites que trabalham de formas mais restritas e oferecem poucas opções de bandeiras. Oferecer diversas formas de pagamento para os seus clientes faz com que você atinja um número maior de usuários, aumentando suas conversões e gerando maior retorno.

2. Permitir pagamentos sem abertura de uma conta

Será que realmente precisamos de outro nome de usuário e senha para lembrar? Não teríamos uma forma mais prática de cadastro para efetuar compras online?

Forçar clientes a abrirem uma conta apenas para comprar determinado produto chega a ser desagradável. Além disso, influencia negativamente na conversão.

Segundo o estudo de usabilidade da Smashing Magazine, a principal razão dos usuários não gostarem de criar uma conta é que, logo em seguida, são inundados de spam. O mesmo estudo apontou que muitos clientes não entendem porque precisam se cadastrar para realizar suas compras.

Outro empecilho é a quantidade de campos que precisam ser preenchidos com informações desnecessárias, uma vez que prolongam o processo de pagamento. A simplicidade e, sobretudo, a praticidade no fluxo de pagamento são fundamentais para o sucesso do seu negócio.

Como solução, pode-se incluir um botão de cadastro via Facebook, Google ou qualquer outra mídia social, visando amenizar o desconforto do seu cliente.

Com o intuito de tornar a experiência de compra mais agradável, é importante deixar o usuário livre para verificar todo o processo como convidado, dando a opção de se inscrever somente na etapa final do check-out. Um exemplo de empresa que já possui essa opção é o eBay.

3. Pense no layout do check-out

Para fortalecer a sua marca, é importante manter seu design consistente em todos os canais, especialmente em sua página de check-out. Além disso, é preciso ter steps fáceis e intuitivos para que o seu cliente não abandone a página e consiga finalizar sua compra sem nenhuma dúvida ou desconfiança.

As pessoas têm receio quando se deparam com uma página de pagamento diferente do site em que estavam comprando. Por isso, busque sempre levar segurança e praticidade para os seus clientes.

4. Não redirecione os seus clientes

Você investe muito a fim de trazer clientes para o seu e-commerce e depois os envia a outro site para finalizar o pagamento? Essa não é a melhor forma de prosseguir, visto que tende a afastá-los sem finalizar a compra.

Assim, trabalhar com redirect no seu check-out traz uma grande desvantagem: o cliente tem total liberdade para desistir da compra.

Em contrapartida, no check-out transparente o pagamento é feito inteiramente no seu e-commerce e você ainda pode criar o design do seu check-out trazendo até 30% a mais de conversão para o seu negócio. Abaixo temos um exemplo de check-out transparente:

5. Erros fáceis de corrigir

É muito comum na hora do preenchimento de dados o usuário errar algum “número”, “@” ou qualquer informação solicitada. Algumas páginas de check-out exibem uma mensagem de erro no topo da página, mas os clientes perdem muito tempo até descobrirem o que deu errado.

Para que esse processo seja corrigido com mais praticidade, o ideal é que essa mensagem de erro apareça próxima do campo no qual ocorreu o erro.

Para formulários mais longos, não há nada mais cansativo do que ter que reenviar todas as suas informações devido a um possível erro de digitação.

Outra dica útil para tornar mais fácil o pagamento é salvar as informações dos usuários que já possuem o cadastro em seu e-commerce.

6. Forneça garantia de segurança e privacidade

Conforme mencionado anteriormente, entregar um design consistente e não redirecionar as pessoas para uma página de pagamento de terceiros são etapas importantes na criação de confiança com seus clientes.

No entanto, isso não basta. É preciso deixar seus clientes tranquilos de que seus dados estão seguros das mãos de hackers. Certifique-se de exibir suas credenciais de segurança conforme exemplo abaixo:

Conclusão

Embora essas dicas ajudem a diminuir o abandono do carrinho de compras e tornem o seu check-out mais funcional, é sempre muito importante realizar um teste A/B para descobrir o que funciona para o seu negócio. Como mencionado anteriormente, é no check-out que os visitantes se tornam clientes.

Siga as dicas mencionadas acima e você não só aumentará as vendas, bem como criará uma experiência agradável e prática para os seus clientes.

Artigo publicado com autorização da autora. Original aqui.

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

O projeto E-Commerce Brasil é mantido pelas empresas:

Hospedado por: Dialhost Transmissão de Webinars: Leads Qualificados: Dialhost Recrutamento & Seleção: Dialhost Métricas & Analytics: MetricasBoss People Marketing: Dialhost

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.