Acesso rápido

6 dicas rápidas de performance para começar bem o ano no seu e-commerce

por Galleger Ilhe Sexta-feira, 11 de janeiro de 2019   Tempo de leitura: 6 minutos

Se você trabalha com um e-commerce, deve saber que esse mercado é altamente competitivo. Nesse meio, cada detalhe conta para se destacar e o desempenho do site tem um papel decisivo na hora da escolha do consumidor. Ofertas imperdíveis e uma seleção de produtos já não é suficiente, é preciso proporcionar uma boa experiência ao usuário. E nessa experiência, entra um fator importante: a velocidade e a eficiência da loja.

Para você começar o ano na frente dos seus concorrentes, preparei algumas dicas rápidas que vão fazer a diferença na performance e nas conversões do seu e-commerce:

1. Atente-se ao tempo de carregamento do site

Pode parecer básico, mas os lojistas ainda pecam nesse ponto. Segundo uma pesquisa feita pela Radware, o usuário pode passar a desconsiderar uma página se ela não for carregada em até 3 segundos. O tempo é mínimo, mas suficiente para você perder vendas e ser trocado por um concorrente.

A demora no carregamento também impacta no ranqueamento do Google, que utiliza esse como um dos fatores para escolher quais sites irão aparecer nas primeiras páginas. Por isso, procure observar se seu site está carregando rapidamente todas as páginas, caso perceba um problema, corrija o mais rápido possível.

2. Não ignore a navegação mobile

O IBGE apontou que 94,6% dos internautas usam o celular para acessar a internet. E esse aparelho tem se tornado o preferido entre os usuários, devido ao número de funções e a facilidade que oferece. Por isso, se adequar a tal comportamento é fundamental para alcançar o maior número de consumidores.

Fique atento ao layout do seu site, perceba se todas as páginas se adaptam ao formato. Além disso, invista na facilidade de compra pelo celular. O cliente quer o mesmo resultado do desktop na navegação mobile. Lembre-se: quanto mais simples e eficiente, melhor.

3. Tenha um checkout eficiente

Quantas etapas seu checkout exige? Essa resposta é fundamental para aumentar o número de conversões do seu e-commerce. Quanto mais longo, maior a chance do visitante desistir de efetivar a compra. A disponibilidade de diferentes formas de pagamento também conta, pense duas vezes antes de desistir do boleto, ou excluir aquela bandeira de cartão que não é tão requisitada.

Na fase final também é muito importante facilitar ao máximo a conclusão da compra. Deve-se evitar colocar informações em pop-ups ou outros alertas que desviem a atenção do usuário, a caixa para consulta do frete deve estar visível e o botão de “finalizar compra” deve ser chamativo. Tudo isso proporciona ao visitante uma experiência mais intuitiva e fácil, conduzindo-o para a conclusão do pedido.

4. Invista nas imagens

O mundo está cada vez mais visual. Impulsionados pela prioridade que as redes sociais deram ao formato, estamos vivendo rodeados de incríveis e atraentes imagens, sejam elas estáticas ou em vídeos. Na experiência de compra, elas também são essenciais. Quanto mais detalhes podemos ver de um produto, mais confiantes ficamos na hora de decidir pela compra.

Por isso, invista nas imagens, principalmente se você trabalha em segmentos que valorizam o visual, como moda e decoração. Inclusive, buscar novos formatos pode ser um diferencial muito interessante e decisivo para o cliente. Que tal fazer vídeos dos seus produtos? Se no e-commerce o objetivo é fazer com que o cliente tenha uma experiência tão real quanto comprar em um loja física, enxergar todos detalhes do produto é indispensável.

Mas tenha um cuidado: as imagens devem ter alta qualidade, mas não podem ser tão pesadas. Isso irá interferir no primeiro item que citei lá em cima, o tempo de carregamento do seu site.

5. Melhore a organização da loja

Quando o cliente entra em uma loja física, logo observa a organização do local. Em uma loja online, talvez a desorganização não fique tão visível ao visitante, mas pode interferir muito na experiência de compra. Por isso, tenha cuidado no cadastramento do produto e fique atento na hora de vinculá-lo a uma categoria. Essa fase é muito importante para o produto aparecer na pesquisa e ser encontrado pelos seus usuários.

Aliás, as categorias e as subcategorias que você atribui aos seus produtos são primordiais para possuir uma loja bem organizada. Mantenha páginas gerais de cada categoria, na qual os clientes podem ver todos os produtos dessa segmentação e, no menu lateral, coloque a possibilidade do cliente navegar pelas subcategorias. Essa possibilidade dá mais liberdade ao usuário e o deixa livre para escolher filtros se assim desejar.

6. Monitore os links quebrados

Outro problema de desempenho que pode ocorrer é a existência de links quebrados. Você com certeza já entrou em um site, clicou em um link e ele não abriu.

Essa é uma péssima experiência para quem está procurando um produto. Muito cuidado quando isso acontecer no seu site, o ideal é corrigir o problema o quanto antes. Se alguém esbarrar nesse erro, pode até desistir da compra.

Também pode acontecer do visitante digitar uma URL incorreta. Para ajudá-lo, crie uma página personalizada informando que tem algo errado. Dessa forma, ele poderá voltar para a home sem ser desviado da sua loja.

Pequenas mudanças podem aumentar a conversão e o desempenho do seu e-commerce, atente-se a elas e boas vendas neste ano.

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

 

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.