5 passos para reduzir os custos de sua empresa

por José Cláudio Terça-feira, 03 de abril de 2018   Tempo de leitura: 5 minutos

Qualquer empresa que tende a crescer é pautada em três pilares: custos, faturamento e um controle de gestão. A redução de custos é essencial para alcançar bons resultados e, por isso, deve ser associada com adequação.

Conheça 5 passos para conseguir reduzir custos em sua empresa:

  1. Ter um controle maior do estoque

Hoje em dia, tratando-se de uma empresa como um comércio, é preciso tomar cuidado com o estoque, pois ele é o ativo do negócio, sua maior riqueza. Se você, como empreendedor, não tem um controle exato da saída dos produtos, você pode estar fadado a levar sua empresa a uma quebra.

Então, ao invés de você comprar 10 produtos x, é mais fácil verificar quanto se vendeu historicamente e comprar apenas sete. O dinheiro dos outros três itens não comprados pode ser usado para pagar por outro produto.

É uma forma de redução de custo versus adequação, porque, às vezes, você acaba investindo em outro produto que tem mais giro. É reduzir de forma inteligente.

  1. Planejamento

Toda empresa nasce e precisa ter um regime tributário. No Brasil, temos o Simples, Presumido e o Real. As empresas vão se adequando aos regimes de acordo com as movimentação e a realidade delas. Sem um planejamento, o empreendedor pode pagar mais imposto ou menos imposto do que precisa, correndo o risco de ser multado.

Por isso, o planejamento é essencial para estar no regime tributário correto. Não pagar mais, nem menos imposto. Em alguns casos, você pode achar que está economizando, mas na verdade está correndo um risco.

  1. Fluxo de caixa

Hoje, é fundamental ter muito claro as entradas e saídas do seu caixa. Muitas empresas acham que estão ganhando dinheiro e lucrando só pelo faturamento. “Vendo 100? Pago minhas coisas? Tudo bem”. Mas será que realmente você está ganhando o suficiente? Não daria para ganhar mais?

É nesse cenário que entra o fluxo de caixa. É preciso tomar cuidado e verificar se realmente há uma margem de lucro suficiente, um resultado positivo para empresa. O fluxo de caixa vai mostrar despesas versus receitas, pois não adianta ver apenas as receitas.

Às vezes, você tem 100 de receita, mas 110 de despesa. É questão de tempo para a empresa quebrar. No caso dos pequenos negócios, muitas vezes não há mais conserto quando percebem essa situação.

  1. Trabalho de gestão

Todos os itens citados até agora remetem a uma boa gestão. Se preocupar com o faturamento, fluxo de caixa, regime tributário, planejamento e controle de estoque são tópicos de um trabalho de gestão.

A gestão visa pilares fundamentais para uma empresa: planejamento, financeiro, orçamentos e custos. Então, tendo uma boa gestão e tudo mapeado e organizado, é fato que a redução de custos operacionais acontecerá.

  1. Solução de ERP

Não dá para enxergar todos esses tópicos sem o auxílio de um sistema ERP, um software que organiza em uma única ferramenta.

Ao contrário de planilhas, que deixa as informações separadas, nessa solução de gestão é possível ter uma visão simplificada do seu negócio.

Ter um ERP na sua empresa é um investimento. Se o empreendedor precisa de uma informação, que demoraria dias para conseguir recuperar em planilhas, no sistema elas são encontradas quase imediatamente. O retorno é garantido e em um custo de espaço de tempo a empresa ganha em produtividade.

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

 

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.