Acesso rápido

5 dicas infalíveis para gerenciar o estoque da sua loja virtual

por Fellipe Guimarães Segunda-feira, 08 de julho de 2019   Tempo de leitura: 7 minutos

Um bom gerenciamento de estoque é fundamental para o funcionamento dos negócios, seja uma loja física ou um e-commerce. É uma tarefa desafiadora ter um controle gerencial do estoque de uma empresa. Mas lembre-se que um controle de fluxo de entrada e saída de mercadorias atualizado traz segurança e previsibilidade para reposição. Confira, neste artigo, dicas infalíveis para gerenciar o estoque de seu e-commerce.

1. Necessidade do controle do estoque

Há uma técnica conhecida como DropShipping, ela consiste em uma loja virtual que não trabalha com um estoque próprio, ou seja, a loja oferta e comercializa produtos que estão alocados no estoque do fornecedor.

Também existe o método Cross Docking que funciona por meio do cruzamento de docas: o fornecedor encaminha as mercadorias para o lojista realizar a conferência e verificar se está tudo certo conforme o pedido. Logo após isso, o produto é embalado e encaminhado para o cliente.

Mas, se esse não for o seu caso, você pode utilizar um estoque próprio e definir em categorias para facilitar a localização dos produtos e fazer o inventário. Além disso, você pode optar por um modelo híbrido utilizando essas técnicas em conjunto, avaliando cada fornecedor e as demandas da sua loja virtual.

2. Trabalhe com métricas (constantemente)

Para obter sucesso no gerenciamento do negócio como todo é preciso ter métricas que permitam o diagnóstico preciso e tomar medidas adequadas para que sua loja tenha a melhor performance possível. Com o estoque não seria diferente.

Você precisa ter um excelente conhecimento da área do seu acervo. Ou seja, você precisa entender a capacidade disponível para receber e alocar cada produto. Você deve ter, pelas práticas atuais do mercado, cerca de 85% de ocupação total de estoque.

Outro ponto relevante nas métricas de estoque é o tempo de ciclo, métrica que se refere ao tempo relacionado ao processo de compra e recebimento das mercadorias. Isso é possível mediante o cálculo do tempo que as mercadorias levam do requerimento feito ao fornecedor até o recebimento do pedido no seu estoque.

Além disso, mais duas frentes são de extrema importância para o sucesso desse gerenciamento: cobertura de estoque e o consumo médio.

A cobertura de estoque permite que você saiba por quanto tempo o seu inventário atual atenderá ao fluxo de demanda sem que haja a necessidade de reposição imediata. Para obter o cálculo desse indicador, você precisa cruzar a quantidade de produtos que tem em estoque com a previsão de vendas, podendo haver algumas variantes de mercado.

Já com o consumo médio, você tem o demonstrativo da quantidade de itens consumidos em um determinado período. Embora essa métrica tenha variações, como promoções e economia, de maneira geral, ela serve para ter uma boa noção da quantidade de determinado produto que você necessita ter no seu estoque.

3. Automatize o gerenciamento do seu estoque

Automatizar o controle de gerenciamento de estoque facilita o fluxo do negócio e evita erros. É comum ocorrer descuidos em pontos básicos quando se trata de estoque de loja virtual. Por isso, invista em ferramentas e/ou plataformas de gerenciamento para melhorar o seu negócio. Muitas empresas disponibilizam um período teste. Caso não tenha verba para investir em automação, tente ao menos ter um fluxo de controle em uma planilha, por exemplo.

4. Tenha o controle de entrada e saída

Para manter o controle de estoque é necessário não se descuidar no momento de registrar as informações de entrada e saída de mercadorias do seu negócio. Dependendo da quantidade de pedidos e do tamanho do estoque, essa tarefa se torna mais complexa, o que exige que todos os registros estejam devidamente em dia.

Escolha um bom software para facilitar esse controle. Existem versões gratuitas e outras pagas que vem com ferramentas de integração com outros setores, como por exemplo, financeiro, notas fiscais etc. Dessa forma, o controle de estoque fica em dia, e o mais importante é que as informações ficam atualizadas e centralizadas em um único lugar.

5. Valorize o relacionamento com os fornecedores

Os fornecedores são os seus parceiros de negócio que fornecem todo o suprimento, seja matéria-prima, embalagem, tecido, e assim por diante. Para o seu estoque de loja virtual, logo, é fundamental ter uma boa relação com eles.

Não se prenda apenas ao preço, mas à confiança e ao bom relacionamento por meio da transparência no diálogo e na qualidade de serviço desejada. Seja claro na negociação de contratos, verifique se os fornecedores estão alinhados com os prazos que você definiu. Um bom parceiro estará sempre disposto a atender você quando necessário e isso fará toda a diferença nos resultados do seu negócio.

Já organizou o estoque da sua loja virtual? Está entusiasmado para colocar todas essas dicas salvadoras em prática? Então compartilhe essa experiência conosco, deixando o seu comentário neste post. Não se esqueça!

Leia também: Terceirizar operação pode ser um bom caminho para indústrias, opina especialista

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

 

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.