Acesso rápido

4 Técnicas para agilizar o cadastro de usuários

por Victor Ferrante Sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Muitas vezes componentes tecnológicos não estão sob nosso controle ou é muito caro para arrumar, em ambos os casos acertar na página de cadastro é bem complexo. Mesmo quando há um caminho claro para reduzir os campos, você precisa enfrentar um série de stakeholders (TI, Markting, CMS) em uma guerra de interesses.

Entretanto, gerar formulários otimizados gera recursos, transformando essa guerra em uma luta inevitável. As quatro dicas a seguir variam em custos e complexidade, mas elas devem te ajudar a agilizar o cadastro em sua loja.

Personalize o conteúdo em tempo real:

Existem 3 meios de alcançar isso: pelo CMS utilizado (Adobe e a IBM oferecem um bem customizável); você pode adicionar add-ons de terceiros ou também pode integrar ferramentas de marketing como a Marketo, Infusion e a Eloqua no processo.

Dependendo de como proceder, você pode servir conteúdo e campos baseados em diferentes condições:

  1. Para audiência internacional, você pode oferecer conteúdo relevante e campos baseados em aspectos geográficos;
  2. Para visitantes que desistiram no meio do caminho, você pode retorná-los para o lugar onde eles pararam, em vez de começar novamente do 0;
  3. Para visitantes que retornaram e já fizeram alguma coisa, como um download, você pode mostrá-los assuntos relevantes baseados em contextualidade;
  4. Para visitantes vindos do Google ou Facebook ads, você pode utilizar-se de dados gerados para criar títulos equivalentes aos ads logo no formulário.

Utilize aglomeração de dados para gerar formulários menores:

Formulários pequenos, geralmente se traduzem em maiores taxas de conversão, e a aglomeração de dados te permite a diminuí-los consideravelmente. Empresas como a Monetate ou a Demandbase oferecem estratégias para esse serviço que pode ajudá-los a capitalizar em diversos meios:

Demograficamente: você pode padronizar a entrada dos campos baseado na vizinhança, baseado em seus endereços de IP.

Psicologicamente: em lugares onde há pouca miscigenação, como o oriente médio, a cultura pode ser definida através da localização.

Geolocalização: campos de países podem vir pré-completados.

Valide os e-mails em tempo real:

A média de taxa de formulários de cadastro inválidos é de 6,4% entre o mercado, depois de subtraído os emails com erros de digitação. Isso significa que pelo menos, você deve possuir alguma coisa que cheque a formatação, como por exemplo @@dominio.com ou @dominio..com; contudo você não deve parar por aí:

  1. Não atrase o cadastro com o tempo de validação – 2 ou 3 segundos de atraso pode atrapalhar as vendas;
  2. Apenas valide uma vez, e então deixe os usuários prosseguirem, caso eles queiram realmente a compra, sempre é possível conseguir o correto posteriormente.

Isso com certeza diminuirá seus riscos: quanto maior o número de emails enviados para endereços inexistentes, dispensáveis, etc. maior a chance de seu domínio virar spam.

Faça a oferta certa na hora exata:

Indubitavelmente, a automação e personalização somente podem chegar em seu potencial todo, se sua estratégia de geração de leads está bem feita. Sua estratégia com os formulários deve ser similar à de call-to-action: não mostre estágios avançados de compra para visitantes que ainda não pensam em comprar.

Em vez disso, crie uma série de pequenas conversões e construa o perfil completo utilizando-se de conclusões progressivas:

  1. Peça nada (ou quase nada) no começo da experiência – Possua conteúdos interativos para download que para consegui-los requer o e-mail do cliente;
  2. Peça mais em estágios seguintes – Essa é a hora de engajar o visitante, aí então peça pelo tão esperado e-mail;
  3. Peça nada (ou quase nada) – Saia da vista do usuário quando ele está chegando perto à ação.

É isso, nenhuma dessas estratégias te darão 100% de taxa de cadastro, mas utilizando-se da customização, aglomerado de dados e validação de emails elas devem te proporcionar uma diferenciação sobre esse tão concorrido segmento.

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

 

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.