Acesso rápido

4 motivos para usar SEO e CPC a favor do seu e-commerce

por Leandro Dettenborn Segunda-feira, 20 de agosto de 2018   Tempo de leitura: 6 minutos

“Utilize os canais de forma que cada um complemente o outro”. Essa é a frase que inicio muitas reuniões de alinhamento estratégico: é uma forma de pensar cada canal como uma origem capaz de fortalecer a estratégia de aquisição de clientes. É uma forma de tornar mais fluida a jornada do consumidor.

No caso de busca paga e busca orgânica a complementaridade é imensa, pois estamos falando de um comportamento de usuário muito semelhante: o usuário que está buscando por alguma solução, está essencialmente demonstrando seu interesse nesta solução.

Mesmo assim, ainda é muito comum ouvir no segmento de e-commerce frases como essas abaixo:

• Já apareço organicamente para essa busca, por que ter um anúncio pago por ela?
• O Adwords está “roubando” a receita de SEO;
• Adwords dá muito mais resultado que SEO;
• CPC é sempre superior em volume de entrega;

Esse tipo de visão pode afetar o crescimento do seu negócio, principalmente se for e-commerce, pois estamos falando de usuários que estão ativamente buscando pelo produto ou serviço que você oferece.

Considerando que você provavelmente quer garantir que a sua solução, e não a da concorrência, vai ser apresentada para esse usuário, separei 4 motivos para pensar sua estratégia de Busca Paga e de SEO de forma complementar:

1 – Maior competitividade

O bônus de exibir resultados orgânicos e anúncios pagos para a mesma busca é simples: você está exibindo mais informações sobre o seu e-commerce na página de resultados do Google.

Com dois “anúncios” sendo exibidos ao mesmo tempo, a sua chance de conseguir o clique é muito maior. Mais precisamente, e conforme pesquisa da MOZ , sua chance de conseguir o clique é 7 pontos percentuais superior:

Sobre esses resultados:

Quando exibidos ao mesmo tempo, a CTR de ambos os resultados (pago e orgânico) passa de 19% para 26%, enquanto que apenas de anúncios pagos passa de 19% para 20%.

Ou seja, quando você imprime tanto no orgânico quanto no pago, seus resultados orgânicos são mais clicados que os pagos, o que pode representar uma economia gigantesca na sua estratégia de CPC.

É como anunciar no jornal, e ao invés de um anúncio de meia página, você está com um anúncio de página inteira, mas com custo muito menor.

2 – Mais inteligência de dados para o seu e-commerce

As ferramentas de análise para SEO, como o gratuito Google Search Console por exemplo, entregam dados ricos sobre as consultas dos usuários e aliado ao Google Analytics e Google Adwords entrega ainda mais dados para pensar ou repensar a estratégia do seu e-commerce.

No meio de muitas outras, são ferramentas que basicamente vão fornecer informações sobre os interesses e desejos do seu público.

Já pensou em utilizar essas informações para auxiliar na tomada de decisão sobre um novo produto ou campanha no seu e-commerce?

3 – Lidando com o volume de dados

Porém, são muitos dados e uma boa análise leva tempo que muitas vezes Coordenadores e Gerentes de E-commerce não tem.

Por isso, separei abaixo algumas perguntas iniciais que você pode responder para começar a entender esses resultados, mas é importante salientar que muitas vezes é preciso que essa avaliação seja feita por um profissional especializado em SEM.

Em Google Adwords:
Quais produtos são mais pesquisados?
Quais anúncios são mais clicados?
Quais os argumentos nesses anúncios?

Em SEO:
Quais as palavras com maior tráfego?
Quais as páginas com mais pageviews?
Quais produtos mais vendidos por orgânico?

Se você já tem conhecimento em SEM, tente também entender e cruzar outras métricas que importam, como bounces, carregamento, parcela de impressões e outras.

4 – Maior economia no seu orçamento de marketing

E se eu disser que você pode utilizar o Google Adwords para economizar quando for investir (tempo e dinheiro) na sua estratégia de SEO?

A busca paga, com uma boa estratégia, tem a capacidade de entregar rapidamente um grande volume de dados. Já a busca orgânica, mesmo com uma ótima estratégia, geralmente leva mais tempo para entregar um resultado expressivo. Agora, como você usa isso a seu favor?

Simples: não inicie sua estratégia de SEO sem ter dados relevantes para norteá-la. Recomendo que comece entendendo os resultados que as principais palavras-chave trazem na busca paga.

Por exemplo, entenda quais palavras em suas campanhas de Google Adwords trazem maior volume de tráfego, quais palavras tem o CPC mais elevado e, principalmente, quais trazem o maior ROI.

Depois disso, faça o mapeamento de quais palavras faz sentido priorizar em sua estratégia de SEO. Foque seus esforços onde a probabilidade de ter um melhor retorno é maior.

Agora que você tem 4 bons motivos para pensar sua estratégia de cobertura de busca, que tal comentar como foram seus testes e descobertas até aqui?

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

 

Deixe seu comentário

1 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.