3 maneiras de usar a gamificação aumentar as vendas em lojas online

por Caio Khaled Terça-feira, 13 de outubro de 2020   Tempo de leitura: 6 minutos

A gamificação é o procedimento de incorporar elementos próprios do universo dos jogos em processos que já existiam, com o intuito de aumentar o engajamento, melhorar a experiência do usuário e obter resultados melhores. Para isso, é possível lançar mão de recursos como a competição, as recompensas, os comandos para a ação e a pontuação. A técnica pode ser utilizada com diferentes objetivos, como, por exemplo, no marketing, visando a melhorar a performance de lojas online.

A gamificação tem sido aprimorada e explorada de maneira cada vez mais inovadora. Por se tratar de uma técnica extremamente versátil, é possível adaptar a gamificação para as demandas e possibilidades de qualquer negócio. Aliás, diversas empresas têm surpreendido com soluções não só criativas como também muito eficientes. Neste artigo, vou listar 3 ideias de como usar a gamificação para impulsionar as vendas de seu e-commerce!

Programa de fidelidade envolvendo pontuação e recompensas

É claro que os programas de fidelidade não são exatamente novidade no mercado. Entretanto, eles são muito efetivos para a manutenção dos clientes e para o aumento das vendas — podem se tornar ainda mais eficientes se ganharem uma nova roupagem e tiverem elementos de gamificação incorporados a eles. Da estética à linguagem, tudo nos programas de fidelidade tradicionais pode ser adaptado para o universo de jogos.

É possível, por exemplo, trabalhar com um sistema de pontuação de modo que cada nova compra gere recompensas extras e faça o cliente “subir de nível” — e, consequentemente, ter acesso a benefícios cada vez melhores. Uma dica é utilizar em seus CTAs um vocabulário próprio dos jogos, como o apelo à vitória, a prêmios e a vencedores. Outra boa dica é estimular a competição entre os consumidores. Também é interessante criar diferentes “fases” que o cliente, ou jogador, precisa superar para alcançar os patamares mais altos e ser recompensados. Nesse caso, os desafios a serem realizados seriam as compras feitas.

Uma maneira eficaz de implementar esse sistema pode ser um aplicativo próprio. Foi o que fez a Starbucks com seu bem-sucedido Starbucks Rewards, um dos mais famosos programas de fidelidade do mundo. De acordo com a empresa, o sistema foi responsável por um aumento de receita de US$ 2,65 bilhões. Para ter uma ideia, só nas lojas dos Estados Unidos, o programa é utilizado em cerca de 40% das compras realizadas.

Contar histórias com propósito

Outra ideia que recomendo para usar a gamificação e aumentar as vendas é efetivamente produzindo um jogo. Mas não um jogo qualquer! Para ser realmente eficiente e impulsionar as conversões, é preciso usar e abusar de um bom storytelling. De preferência construindo uma narrativa envolvente, compatível com os valores da marca e que realmente prenda o consumidor. Melhor ainda se contiver um apelo a causas relevantes e de interesse público.

O case do jogo Seeds of dreams, da L’occitane, é um ótimo exemplo de como ser bem-sucedido nessa empreitada. Utilizando o mote da sustentabilidade, tão aclamada e necessária nos tempos atuais, a marca de cosméticos francesa criou um game em seu site que cumpre a função não só de engajar, mas também de educar os visitantes sobre questões ambientais. O jogo consiste em escolher uma semente, plantá-la e cultivá-la. Com isso, ela vai se desenvolvendo e, o jogador, recebendo recompensas, tais como funções desbloqueadas e sementes novas. Como o usuário é incentivado a cadastrar seu e-mail, o jogo funciona também como uma forma de captar leads.

Seeds of dreams é um exemplo muito bom de como aplicar a gamificação. Isso porque, além de ter belos gráficos e uma história envolvente, traz um mote apelativo que é a sustentabilidade, o que é ótimo para a imagem da marca. Afinal, quem não quer ajudar o meio-ambiente de um modo divertido? Isso, é claro, se refletirá em mais vendas no futuro.

Roleta de descontos

A função da “roleta de descontos” funciona como um poderoso gatilho. Trata-se de uma ferramenta que dá ao usuário a chance de rodar uma roleta virtual e concorrer a cupons de desconto mediante a inserção de seus dados. Essa é uma maneira fácil e eficaz de usar a gamificação para engajar sua audiência, que vê no jogo a possibilidade de obter um benefício real. A oportunidade de tentar a sorte e ser presenteado com ofertas melhora a experiência do usuário e funciona como um diferencial em relação à concorrência.

Mas a parte mais legal desse tipo de ferramenta é que o êxtase da competição incentiva o cliente a fornecer seus dados pessoais. Afinal, em sua percepção, esse é um “preço” muito baixo a pagar em troca da experiência de girar a roleta e ser recompensado com descontos atrativos. Ou seja, usando esse gatilho, o lojista consegue aumentar a captação de leads qualificados e ainda impulsionar as vendas. Isso porque a roleta de descontos conta com excelentes taxas de conversão. Além de transformar os visitantes do site em leads, o recurso ainda os encoraja a finalizar a comprar — afinal, acabaram de ganhar um desconto e tanto!

E se você quiser fechar o ciclo de compra do consumidor com chave de ouro, é possível integrar a ferramenta da roleta ao sistema de e-mail retargeting. Isso amplia as frentes de “ataque” e aumenta as chances de efetuar a venda. Ou seja, mesmo que o usuário opte por não usar o desconto obtido imediatamente, no futuro ele será impactado com ofertas do site por e-mail.

Gostou desse artigo? Não esqueça de avaliá-lo!
Quer fazer parte do time de articulistas do portal, tem alguma sugestão ou crítica?
Envie um e-mail para redacao@ecommercebrasil.com.br

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER