17 erros de e-commerce que você não pode cometer - Parte 3

por Dyego Oviedo Segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017   Tempo de leitura: 3 minutos

No artigo anterior falamos sobre como a escolha da plataforma e do público-alvo (target) são essenciais para o sucesso (ou fracasso) de um e-commerce e como o investir pouco em marketing digital pode acabar se tornando um tiro no pé.

Leia o Primeiro Artigo da série aqui

Leia o Segundo Artigo da série aqui

Agora vamos aos erros de hoje:

Erro 5: Estratégia Comercial fraca ou inexistente

A sua estratégia comercial é o coração do negócio.

Sempre costumo dizer que em cada ramo existe alguém para cada coisa.

Existe o cara do preço baixo, existe o cara do produto melhor, existe o cara da entrega rápida, existe o cara da mobilidade, o cara do frete grátis, e por aí vai.

Quem você quer ser? Busque ser referência em algum aspecto. Busque o diferente.

Qual é o principal propósito de uma empresa? Atrair e manter clientes. Para isso acontecer, reflita sobre as seguintes perguntas:

  • Meu e-commerce possui um funil de vendas? Como funciona?
  • Como posso melhorar meu funil de vendas para atrair ainda mais clientes?
  • Meu e-commerce possui uma estratégia para fidelizar clientes?
  • O que podemos melhorar nesta estratégia? Devemos reconstruí-la?

Erro 6: Produtos mal demonstrados ou destacados

Já pensou se todas as lojas virtuais tivessem fotos e descrições ruins de seus produtos?

Isso não ocorrerá porque muitas empresas já entendem a importância de apresentar a maior quantidade de informação possível sobre seus produtos em conjunto a fotos de alta qualidade.

Mas o papo sobre produto não para por aí.

Imagine que uma empresa quer vender colchão na internet.

Você acha mesmo que uma boa foto e descrição fará todo o trabalho?

Seria interessante, por exemplo, se este e-commerce tivesse uma sessão onde eu digito meu peso e altura e ele diz exatamente qual o melhor colchão a ser comprado.

Imagine o que seria de um e-commerce que vende eletrodomésticos sem o filtro de 220v ou 110v.

Imagine o que seria de um e-commerce que vende calçados sem a opção de escolher o tamanho do pé.

Em resumo, fotos nítidas e textos altamente explicativos aumentam a conversão.

Tenha fotos de vários ângulos, se possível em 360º.

Separe o seu texto explicativo em várias seções, quando necessário.

Jamais escreva alguma informação errada ou parcialmente correta.

Um cliente frustrado nunca mais voltará a comprar no seu e-commerce, além de contraindicar para vários amigos e conhecidos.

Isso aumenta drasticamente o seu Custo de Aquisição de Clientes e pode estragar a tão valiosa reputação do seu negócio.

Erro 7: Cadastre seus produtos corretamente

Planejar o cadastro dos seus produtos parece trabalhoso?

Este item tem uma ligação direta com a sua plataforma.

Algumas plataformas disponibilizam a opção de SEO, Linkar produtos semelhantes e traçar perfil de produtos com base nos usuários.

Imagine que você está procurando por um calçado da marca X, modelo verão e no tamanho 40.

Ao entrar na página do produto você descobre que não é exatamente o que você gostaria.

Porém, logo abaixo, você avista uma seção da página onde mostra calçados de outras marcas, modelo verão e tamanho 40.

Isso soa como… “Ei, espere! Não é hora de sair do nosso e-commerce ainda. Veja o que ainda temos e que você pode gostar”

Os vendedores de calçados normalmente fazem isso pessoalmente.

Por que não iria funcionar na internet?

Planeje qual produto deve ser conectado com qual e porquê.

Estude os produtos semelhantes e os possíveis produtos-extra que podem ser vendidos em conjunto (são aqueles produtos que as pessoas normalmente não estavam procurando, mas resolveram comprar junto por ganhar algum desconto ou simplesmente por lembrarem dele). Essa técnica aumenta o ticket médio e gera uma melhor experiência de compra para o seu cliente.

Vamos falar sobre SEO de produtos.

SEO (Search Engine Optimization) é um conjunto de boas práticas que ajudam o seu site a obter um bom posicionamento nos sites de busca como o Google.

Algumas plataformas te dão a possibilidade de cadastrar separadamente as informações de SEO de cada página de produto.

Por favor acredite em mim quando eu digo que isso é mais complexo do que parece.

Planeje cada produto da sua loja. Estude o seu público-alvo e descubra como eles buscam cada um de seus produtos na internet. Quais as palavras-chave mais buscadas para chegar neste produto? Trabalhe a linguagem utilizada na descrição que aparecerá nos buscadores. Acredite, este trabalho árduo – se bem feito – valerá cada minuto investido.

Não perca o próximo artigo da série. Vamos falar sobre retargeting, autoridade e porque você não deve cometer o erro de deixar a usabilidade para o segundo plano.

Baixe o E-book completo aqui: www.lengi.com.br/landing

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

O projeto E-Commerce Brasil é mantido pelas empresas:

Hospedado por: Dialhost Transmissão de Webinars: Leads Qualificados: Dialhost Recrutamento & Seleção: Dialhost Métricas & Analytics: MetricasBoss People Marketing: Dialhost

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.