Acesso rápido

10 plataformas para você conhecer e abrir o seu e-commerce

por Nathália Cirne Segunda-feira, 12 de novembro de 2018   Tempo de leitura: 5 minutos

Com o aumento do desemprego em todo o país e a crescente procura por uma atividade que permita mais independência, o mercado online ganhou destaque. O e-commerce passou a ser enxergado como a solução de todos os males, mas nem tudo é tão fácil assim. A dúvida começa sempre sobre as plataformas: por qual eu devo optar? Se essa questão já é levantada por grandes empresas, imagine para os iniciantes na área. Algumas fornecedoras prometem uma loja virtual em poucos minutos, outras exigem conhecimento em desenvolvimento.

A escolha da plataforma é crucial para você conseguir desenvolver plenamente o seu negócio. Você é novato no assunto? Então saiba quais são as principais opções hoje no mercado, pensando em como você enxerga o seu negócio a longo prazo. Escolha a mais apropriada para você e a sua empresa, pois a sua decisão de agora poderá evitar retrabalhos futuros.

Nuvem shop

A Nuvem Shop é uma plataforma que oferece layouts prontos com customizações limitadas, soluções pré-moldadas, por uma assinatura mensal que varia entre R$ 29 a R$ 199. É uma plataforma própria para quem não tem qualquer conhecimento de desenvolvimento e de integrações com meios de pagamentos e envios.

Loja Integrada

Uma plataforma também mais prática para iniciantes, que inclusive tem modalidade grátis caso o fluxo de visitas não ultrapasse 5 mil. Nos planos pagos, o valor pode chegar a até R$ 399 mensais. As funções variam de acordo com a modalidade escolhida.

Wix

Wix já era uma plataforma conhecida para criação de sites básicos e portfólios por aqueles que não entendem muito de desenvolvimento e webdesign. Agora, ela também oferece recursos para criação de e-commerces. Oferece também uma plataforma de pagamento própria, proporcionando o checkout transparente — recurso que simplifica a ação de compra para o consumidor. O plano custa R$ 50 mensais.

Prestashop

O Prestashop é uma plataforma de e-commerce open source (código aberto) em PHP e MySQL. Isso permite total customização e flexibilidade. Ela é gratuita, sem cobranças de mensalidades ou de percentuais em vendas. Para utilizá-la você precisa de hospedagem própria e fazer a instalação em seu servidor.

Shopify

Uma plataforma própria para iniciantes, que oferece uma integração avançada com recursos de redes sociais. Entretanto, não permite hospedagem em um servidor pessoal. O Shopify é pago e os seus valores são em dólares, variando de US$ 29 a US$ 299 mensais.

Vtex

Como grande diferencial, a plataforma brasileira possibilita a integração do estoque do e-commerce com os estoques de lojas físicas. Também dispõe de um sistema de recorrências e a opção de retirada do produto comprado em loja física. A mensalidade fica entre R$ 1.500 e R$ 11.000.

Xtech

Trata-se de uma solução simples, com interface intuitiva. Todavia é um pouco limitada, especialmente se comparada às soluções open source. A mensalidade varia entre R$ 99 e R$ 299 mensais, dependendo da quantidade de produtos cadastrados.

Woocommerce

Está entre os mais populares no mundo. O Woocommerce é um plugin do WordPress, que é uma plataforma open source. Permite ampla personalização, mas tem a necessidade de ser instalado em um servidor, o que pode dificultar a vida de quem não tem qualquer familiaridade com desenvolvimento. Qualidade profissional, versátil e sem custos.

Magento

O Magento é uma solução de código aberto avançada no setor, com versões gratuitas e pagas, ideal para empresas com alto faturamento. Ele requer conhecimento especializado na plataforma, tanto para a sua implementação, quanto para a sua manutenção.

OpenCart

Uma plataforma de código aberto, assim como o Magento, desenvolvida em PHP. Fácil utilização, mas de difícil personalização, com limitações de funções de SEO e de marketing. Adequada para quem deseja abrir sua loja virtual de forma independente.

Tray

Outra opção de plataforma paga de acordo com o número de produtos cadastrados. Os valores variam entre R$ 89 e R$ 399 mensais. Possui integração com as principais soluções de pagamento, os principais meios de envio e com os maiores marketplaces.

Além das opções relatadas, é possível encontrar outras que possam se adequar mais ao seu negócio e ao seu orçamento. Hoje, algumas grandes varejistas atuam com plataforma própria. Uma dica para os inexperientes é começar testando as plataformas durante os períodos gratuitos que são disponibilizados, para concluir e decidir depois qual é a mais apropriada.

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

 

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

O projeto E-Commerce Brasil é mantido pelas empresas:

Oferecimento:
Hospedado por: Dialhost Transmissão de Webinars: Recrutamento & Seleção: Dialhost Métricas & Analytics: MetricasBoss

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.