Projeto mantido por:

Os impactos da transformação digital, e-commerce e fraudes

By Rodrigo Sanchez Wednesday, 13 de April de 2022   Read time: 4 minutes

Recentemente, participei do 10º Fórum de Varejo e Marketing realizado pela LIDE – Grupo de Líderes Empresariais -, e o evento foi muito proveitoso e cheio de insights que gostaria de compartilhar com todos vocês.

O tema principal abordado no fórum tratava sobre os impactos da transformação digital transversal no consumo e no varejo. Nesse assunto, a mudança de comportamento do consumidor acelerada pela pandemia permeou os principais painéis do evento, que falavam sobre o mercado omniconsumidor 5.1 e como ESG e DEI fizeram parte da adequação a esse novo cenário.

Foi muito bacana conhecer os pontos de vista de grandes empresas do mercado, como Magazine Luiza, Lojas Riachuelo S/A e JBS têm se desdobrado nestes últimos dois anos para acompanhar o aumento exponencial de transações no meio digital.

Além disso, tive a oportunidade de trazer alguns dos desafios para deixar a jornada de compra cada vez mais confortável para o consumidor e efetiva para a empresa, como o desenvolvimento de soluções para diminuir a fricção e entregar a resposta das análises da forma mais ágil possível.

Outro ponto que gosto de enfatizar, e que citei durante o fórum, é sobre a importância do efeito de rede na prevenção às fraudes. Se olharmos uma entidade isolada para entender o poder de compra e identificar a relação com o cliente, teremos uma visão limitada. Os fraudadores se organizam e atacam em massa. Portanto, é preciso contar com uma proteção contra esses golpes. Por isso, é essencial unir forças com todo o varejo e trazer uma visão única.

O crescimento do e-commerce em 2021

Comprovando a força do digital, estudos da Neotrust mostram que, apenas no último ano, o e-commerce brasileiro contou com um faturamento de R$161 bilhões, um crescimento de 26,9% comparado a 2020. Quando falamos dos números de pedidos, não é diferente: o aumento foi de 16,9%, totalizando 353 milhões de entregas.

Com um ticket que cresceu 8,6% e chegou a R$455 por compra, o levantamento também mostra que a forma de pagamento mais utilizada é o cartão de crédito, com 69% de preferência. E as categorias de celulares, eletrônicos e eletrodomésticos contaram com o maior faturamento em 2021.

As vendas virtuais atingiram níveis históricos quando falamos do acumulado de 2021.

As fraudes

Por que devemos nos preocupar tanto com as fraudes? Vamos responder com alguns números e com um ponto bastante importante. Assim como o e-commerce está em constante crescimento, as tentativas de fraudes sofrem mutações quase que diariamente.

Devido ao cenário positivo para as vendas, consequentemente, o comércio sofreu com um aumento nas tentativas de fraudes. Estudos mostram que em 2021 foram evitados R$5,8 bilhões de transações potencialmente fraudulentas nos e-commerces, um crescimento de 74% no ano de 2021. Em valores, saímos de R$127 bilhões para R$167 bilhões, crescimento de 58%.

Sem nenhuma surpresa, bem como no maior faturamento, o primeiro lugar das categorias de produtos fraudados fica com os celulares. Ou seja, os números cresceram proporcionalmente ao volume de pedidos.

Leia também: Fraudes no e-commerce e a atenção na consolidação de plataformas

Gostou desse artigo? Não esqueça de avaliá-lo!
Quer fazer parte do time de articulistas do portal, tem alguma sugestão ou crítica?
Envie um e-mail para redacao@ecommercebrasil.com.br

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

Leave your comment

0 comments

Comments

Your email address will not be published.

Commenting as Anonymous

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER