Projeto mantido por:

E-commerce como plataforma para a distribuição de automação comercial

By Paulo Guimarães (Peguim) Friday, 20 de May de 2022   Read time: 5 minutes

A transformação digital impulsionada e acelerada pela pandemia de Covid-19 mudou o cenário de negócios na indústria da tecnologia. O atual contexto transversal, em que os marketplaces, por exemplo, competem com os canais e, ao mesmo tempo, são ferramentas para o desenvolvimento omnichannel, exige que o segmento de distribuição se reinvente. Isso porque, apesar de a evolução do mercado de TI estar na contramão do PIB, com crescimento em investimento na casa dos dois dígitos desde 2020, as necessidades dos clientes seguem em constante mudança.

O aumento do faturamento das revendas em 11% em 2021 é um dos dados divulgados nos resultados do Censo das Revendas 2022, iniciativa da ABRADISTI – Associação Brasileira da Distribuição de Tecnologia da Informação e da AFRAC – Associação Brasileira de Tecnologia para o Comércio e Serviços, realizado pela IT Data. O estudo entrevistou 1.026 empresas do setor no país com o objetivo de entender como atuam, quais são as suas estratégias de negócios, seus desafios e levantar os principais indicadores dos canais de venda nos mercados de Tecnologia da Informação, Comunicação e Automação Comercial.

A transformação digital impulsionada e acelerada pela pandemia de Covid-19 mudou o cenário de negócios na indústria da tecnologia.

Crescimento devido à pandemia

Nesse sentido, é interessante observarmos que o estudo mostrou que as empresas que não investiam em e-commerce e foram pegas despreparadas pela pandemia em 2020, buscaram criar operações online rapidamente, ainda que se utilizando de plataformas alternativas e marketplace. Excluindo-se as revendas que atuavam exclusivamente como lojas virtuais, o percentual de revendas que não realizavam comércio eletrônico antes da pandemia era de 69%. No primeiro trimestre de 2022, essa mesma amostra da pesquisa apontou que 53% ainda não realizam comércio eletrônico. Porém, 21% dos entrevistados afirmam que adotarão o e-commerce nos próximos 12 meses (103% a mais), e espera-se que haja um grande crescimento.

A automação comercial, por exemplo, teve um período bastante crítico de aprendizado em 2020 em função da paralisação do comércio por aproximadamente 18 meses. Entretanto, diante da necessidade de digitalização do mercado, foi possível reinventar o modo de fazer negócios. No geral, o canal apresentou 12% de crescimento. Antes da pandemia, apenas 25% das revendas de automação comercial praticavam o comércio eletrônico. Hoje, esse número já chega à casa dos 55% e outros 33% pretendem começar a atividade este ano. De acordo com a 11ª edição do Censo das Revendas em 2022, esse foi o tipo de revenda em que mais cresceram as vendas online.

Momento de virada

Dentre o que foi mais comercializado por esse segmento em 2021, pela ordem, estão software para ponto de venda (PDV), produtos de identificação automática e captura de dados (AIDC), como códigos de barras, RFID, reconhecimento biométrico e por voz, entre outros, e terminais de PDV.

Essa é uma virada que chama bastante a atenção e que precisa ser considerada por quem atua nesse ecossistema. Isso porque, enquanto vemos por parte das revendas de automação comercial muita oferta de soluções que levam os negócios e os mais distintos segmentos da economia para o comércio online, com plataformas, aplicações de integrações e sistemas que suportam toda a jornada de compra e de relacionamento com o shopper, ainda existe uma janela de oportunidades para que elas mesmas se utilizem do e-commerce como impulsionador para os seus resultados.

Apesar de ser uma venda complexa e altamente consultiva, os números mostram que há demanda para que as transações aconteçam no ambiente digital. A expectativa do setor é de um crescimento acima dos dois dígitos, no patamar dos 12%. E eu acredito que quem souber surfar essa onda poderá chegar ainda mais longe!

Leia também: Automação de processos: informações e dicas para entender essa estratégia

Gostou desse artigo? Não esqueça de avaliá-lo!
Quer fazer parte do time de articulistas do portal, tem alguma sugestão ou crítica?
Envie um e-mail para redacao@ecommercebrasil.com.br

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

Leave your comment

0 comments

Comments

Your email address will not be published.

Commenting as Anonymous

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER